MENOPAUSA PRECOCE: O GUIA ABSOLUTAMENTE COMPLETO

Menopausa precoce
Menopausa Precoce

Será que a menopausa precoce já pode estar acontecendo com você?

Talvez você esteja pensando que pode estar acontecendo na sua vida ou com alguém que conhece e quer aprender tudo sobre esse tema.

Algumas mulheres ainda encaram a menopausa como se fosse o fim da vida, mas é possível sim passar por essa fase com muita saúde e ter sim uma excelente vida sexual.

Foi pensando justamente em ajudar o maior número de mulheres, que preparei esse artigo especial. E, com certeza, vai ajudar a todas as mulheres que se ainda não passaram, ainda vão passar pela menopausa.

Qual a idade da menopausa?

Antes de falar sobre quando começa a menopausa, vamos lembrar o que é?

Então, o termo menopausa significa que a mulher parou de menstruar por doze meses consecutivos, sem estar usando nenhum remédio anticoncepcional.

Geralmente, para a maioria das mulheres, a menopausa se dá em torno dos 50, 51 anos, podendo variar dos 45 aos 55 anos.

Todas as mulheres do mundo todo vão passar pela menopausa, a não ser que elas não vivam o suficiente para atingir essa faixa etária.

Não sei se você sabe, mas até o ano 1900, pouquíssimas mulheres chegavam aos 50 anos e vivenciavam a menopausa.

O que isso significa? Que a menopausa só tem 108 anos, mas nós temos ainda muito para aprender, pois a cada dia surge uma nova queixa.

Mas hoje, a expectativa de vida das mulheres aumentou bastante, onde algumas passarão cerca de 2/3 de sua vida na pós-menopausa.

Por isso que é tão importante a mulher saber tudo sobre a menopausa, assim como em relação ao que pode vir a acontecer com seu corpo.

Mesmo acontecendo na vida de todas as mulheres, ela não acontece da mesma forma para todas. Algumas têm sintomas mais acentuados e intensos e outras nem tanto.

Fique atenta a qualquer nova manifestação, principalmente se está nessa faixa etária. Além de fazer o acompanhamento regular com seu médico ginecologista.

FIQUE ATUALIZADA!

Cadastre o seu email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!

Fique tranquila, seu e-mail está completamente SEGURO conosco!

O que é a menopausa precoce?

Para você entender melhor o que é menopausa precoce, é interessante saber por que a menopausa acontece.

Nós, mulheres, nascemos com uma conta hormonal finita, isto é, nascemos com células contáveis nos nossos ovários.

Em média, quando chegamos na adolescência estão em torno de 300 a 500 mil células foliculares e vamos consumindo essa produção com o tempo.

Vamos supor que sua primeira menstruação foi com 10 anos, e entraria na menopausa em média com 50 anos.

Então, durante todo esse período, cerca de 40 anos, você foi consumindo essas células e produzindo hormônios, tanto para a parte reprodutiva como para a parte não reprodutiva.

Só que a sua reserva vai abaixando e na menopausa, ela acaba. O seu ovário não consegue mais produzir o que produzia quando você tinha 10, 12 anos.

E a menopausa precoce?

Somente 1% das mulheres vão ter menopausa precoce, que significa que tudo o que eu acabei de lhe falar, que é essa conta hormonal que acaba em média aos 50 anos, ela acontece antes dos 40 anos.

Tudo o que teria mais ou menos aos 50 anos, você vai ter aos 40 anos, ou seja, cerca de 10 anos antes.

Quais as causas desta menopausa prematura?

Em primeiro lugar, é bom saber que seu ovário não funciona apenas para a parte reprodutiva, mas você precisa também desses hormônios para várias funções do seu corpo.

Só que aqueles hormônios, no caso, o estrogênio, a progesterona e testosterona que seu ovário produzia, progressivamente, vai acabando essa produção.

No caso da menopausa prematura, seu ovário vai parar de funcionar antes dos 40 anos, trazendo uma série de manifestações.

À medida que a sua reserva de óvulos vai diminuindo, os ciclos se tornam mais irregulares, até que você não ovula mais.

E o que acontece quando falta? Você passa a ter uma série de sintomas e sinais. A questão aqui é que ninguém contou para você que ia sentir tudo isso.

Assim, passa a ter uma série de manifestações relacionadas a essa deficiência hormonal e isso se traduz em sofrimento de vários órgãos e sistemas do seu corpo, numa fase muito mais precoce.

Resumindo, ela é causada por um mau funcionamento dos ovários ou por uma quantidade muito baixa de folículos, impedindo que os ovários possam ter a sua função reprodutiva e hormonal.

É bom você saber que a menopausa precoce também pode ter origem em algum tipo de tratamento, como a quimioterapia, alguma patologia ou decorrente de alguma cirurgia.

Mas também pode acontecer naturalmente, sendo difícil saber exatamente o porquê atinge certas mulheres, deixando-as muito decepcionadas e ansiosas.

FIQUE ATUALIZADA!

Cadastre o seu email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!

Fique tranquila, seu e-mail está completamente SEGURO conosco!

Quais os sintomas da menopausa precoce?

Vou citar os sintomas mais frequentes da menopausa, depois você vai ver aonde vai se encaixar os sintomas da menopausa precoce.

Eu tenho um artigo onde eu coloquei os 76 sintomas da menopausa, mas eu acredito que ainda  esse número vai aumentar. Por que você não dá uma olhada?

Mas não fique preocupada porque isso não significa que você vai ter os 76, talvez 5 ou 10. O importante é saber que se tratam de sintomas relacionados à menopausa.

De repente, a mulher começa a ter outros problemas, mas que não têm nada a ver com a menopausa em si.

Os sinais podem começar a aparecer durante a pré-menopausa, às vezes muitos anos antes da menopausa em si. São muitos, mas variam de intensidade e frequência conforme cada mulher.

Quais os sintomas mais frequentes?

  • Irregularidade menstrual, antes de parar a menstruação.

Essa irregularidade menstrual é consequência da diminuição dos níveis de estrogênio. Podem ser mais longos ou mais curtos, com maior ou menor sangramento.

  • Calorão, fogacho ou ondas de calor, muito frequente durante a noite.

O calorão afeta cerca de 90% das mulheres.

  • Sudorese
  • Secura vaginal

O problema aqui é que pode afetar a vida sexual da mulher e se traduz por uma falta de lubrificação vaginal.

  • Dor na relação sexual

A mulher sente muito incômodo durante a relação, muitas vezes causada pela falta de lubrificação.

  • Diminuição da libido e falta de desejo sexual

Nessa fase, a mulher não tem a mínima vontade de fazer sexo com seu parceiro, interferindo muito no seu relacionamento.

  • Insônia

Muitas vezes, a mulher não consegue dormir bem até pelos calorões que acontecem à noite.

  • Alteração de humor

A mulher fica mais irritada, deprimida e ansiosa. Isso acontece porque os desequilíbrios hormonais afetam o sistema nervoso.

  • Mais cansaço e sem energia

Como não consegue dormir bem, geralmente a mulher já acorda cansada, sem disposição para realizar simples tarefas do seu dia.

  • Aumento de peso

Mesmo sendo magra, pode perceber um acúmulo de gordura no abdômen. E o que acontece? Fica com uma autoestima lá embaixo.

Esses são os mais frequentes, mas têm muito mais, que precisam ser avaliados e analisados com carinho.

Se você parar para pensar, todos esses sintomas afetam muito a qualidade de vida da mulher. E é importante que ela saiba que não precisa conviver com todo esse sofrimento.

Agora, quando você tem a menopausa precoce, você vai ter tudo isso da mesma forma. Na verdade, deveria ser igual, mas tudo o que você sofreria 10 anos depois, acontece mais precocemente.

Na menopausa, há o aparecimento de doenças chamadas de silenciosas que pouco se fala, mas que têm sua incidência aumentada nessa fase onde são muito mais exacerbadas.

FIQUE ATUALIZADA!

Cadastre o seu email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!

Fique tranquila, seu e-mail está completamente SEGURO conosco!

E quais são essas doenças?

  • Doenças cardiovasculares
  • Arteriosclerose
  • Risco aumentado para infarto e derrame
  • Perda de massa óssea, que é a osteopenia
  • Osteoporose, com maior risco para fraturas

Tudo isso é muito grave, principalmente numa fase mais precoce.

Algumas mulheres, até mesmo pela falta de informação, desconsideram alguns sintomas. Só que ao não buscarem resolver, pode causar sérias consequências para a sua saúde.

E por que são chamadas de silenciosas? Porque são doenças que podem acontecer na vida de qualquer mulher, mas não dão um alerta. Por isso são tão perigosas.

Mas é possível tratar? Sem dúvida alguma que é.

A grande questão relacionada a essa fase é que como a mulher sofre com muitas mudanças hormonais significativas, aumenta muito o risco para doenças crônicas e um aumento de problemas psicológicos.

É por isso que a mulher precisa saber que tem como passar por tudo isso da melhor forma possível.

Saiba que é possível sim aliviar todos os sintomas tão desagradáveis e reduzir o risco para uma série de doenças.

Quais os tratamentos da menopausa precoce?

Quando eu falo em tratamento para menopausa precoce, é importante que em primeiro lugar você encontre um profissional que trate menopausa e climatério e que seja especialista na área.

Além disso, ele precisa estar comprometido com a sua saúde, que tenha certeza que o tratamento vai funcionar, lhe trazendo todos os benefícios.

O profissional vai escolher um tratamento para reduzir seus riscos para todas aquelas doenças e é preciso que tenha ciência de que o tratamento vai te livrar de todos os sintomas que estão afetando sua vida sexual, familiar, pessoal e profissional.

Porque muitas vezes, antes dos 40, sua libido alterada ou sua vagina seca podem estar interferindo no seu relacionamento, fazendo até com que seu casamento acabe.

Esse mau humor, esse cansaço e a insônia podem estar prejudicando o rendimento no seu trabalho.

E toda essa irritabilidade, impaciência e aumento de peso podem estar se refletindo na sua autoestima.

Ou seja, não é só ter um sintoma, é como esse sintoma está interferindo na sua qualidade de vida. Lembre-se sempre que vale muito viver, mas nós temos que viver da melhor forma e com excelência.

Por isso que o tratamento está disponível para toda mulher, além de ser respaldado por todas as sociedades que tratam menopausa e climatério.

Estudos científicos comprovam sua eficácia e resultados, mostrando total segurança.

Mas que tratamento é esse?

É a terapia ou modulação hormonal.

O problema da menopausa não é a falta dos hormônios?

Então, é exatamente nisso que a terapia de reposição hormonal está baseada, ou seja, repor o que está faltando no seu corpo.

A indústria criou o hormônio, a farmácia de manipulação faz a adequação, dependendo da orientação do seu médico.

De repente, ele vai prescrever um hormônio da indústria ou da farmácia de manipulação. O seu médico é quem vai selecionar o melhor hormônio, na melhor dose, de acordo com a sua necessidade.

Quais os tipos de terapia hormonal que existem?

O profissional que cuida da sua saúde vai definir que deficiência está acontecendo, quanto que ele vai repor, qual tipo e por que via.

Vale a pena? Claro que vale. Imagine você ficar livre de todos esses sintomas, ter a sua saúde preservada e conseguir estar bem em todos os setores da sua vida?

Pense que você vai ter benefícios na sua vida pessoal, familiar, sexual e profissional.

Isso sim é ter uma menopausa sadia, mesmo que seja precoce.

Além da modulação ou terapia hormonal, toda mulher deveria buscar por um estilo de vida mais saudável, como praticar exercícios físicos regulares, manter uma alimentação balanceada e ter uma boa higiene do sono.

FIQUE ATUALIZADA!

Cadastre o seu email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!

Fique tranquila, seu e-mail está completamente SEGURO conosco!

Conclusão

Tudo o que você acabou de aprender aqui é para lhe ajudar a identificar alguns sinais e sintomas da menopausa precoce.

Toda mulher deve estar sempre atenta ao que está acontecendo com seu corpo, principalmente quando estiver chegando perto dos 40,45 anos.

O problema é que não são todas que associam alguns sintomas à menopausa e acabam não procurando por um tratamento adequado.

A qualquer coisa de diferente que note, converse com seu médico e tire todas as suas dúvidas. Como é ele que faz o seu acompanhamento, é o mais indicado para lhe orientar quanto ao melhor tratamento.

O que não pode é você sofrer e correr o risco de ter doenças um tanto sérias porque simplesmente não buscou por um tratamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *