CLIMATÉRIO E MENOPAUSA: ENTENDA A DIFERENÇA EXPLICADA DE MANEIRA FÁCIL E SIMPLES

Climatério e Menopausa
Entenda a diferença entre climatério e menopausa

Climatério e menopausa são conceitos diferentes do mesmo ciclo. Entender cada uma destas fases é muito importante já que todas as mulheres passam por essas etapas em determinada idade.

O climatério e a menopausa atingem todas as mulheres sem nenhuma exceção. Justamente por isso é tão importante reconhecer e identificar cada uma destas etapas.

No artigo de hoje vamos explorar o climatério e a menopausa de forma simples e didática de maneira que nunca foi explicado antes. Tudo isso para você entender perfeitamente o que são ambas as situações.

Então venha com a sua mentora da saúde aprender muito mais sobre as etapas da vida. Continue lendo e entenda tudo de forma bastante simples como você jamais ouviu.

O que é o climatério

O climatério é caracterizado como um período de transição. Esta é a transição da reprodutiva para a fase não reprodutiva, ou seja, de um período de produção hormonal para o um período onde os hormônios começam a declinar.

Assim o climatério é uma etapa que começa antes da menopausa, que abrange a menopausa e que fica por anos após a menopausa.

A menopausa  é caracterizada quando por 12 meses consecutivos a sua menstruação deixa de vir.

O climatério dura em média de 10 a 15 anos. Já nesta fase de alterações hormonais é possível identificar vários sintomas da menopausa. Eu identifiquei mais de 76.

Os sintomas começam acontece antes da menopausa chegar, havendo bastante confusão sobre estar no climatério ou na menopausa. No entanto agora você já sabe que a menopausa de fato é quando há um ano ininterrupto sem a menstruação.

O corpo começa a produzir estes tipos de hormônios lá na primeira menstruação, chamada menarca. É nessa época que inicia o período fértil da mulher, passando a ter a capacidade de reproduzir.

Dos 10 anos aos 50 anos em média, os ovários produzem hormônios para que a vida reprodutiva aconteça e  para várias outras funções celulares em diversos órgãos.

Depois de 30 ou 40 anos de produção de hormônios começa haver um declínio hormonal, pois os ovários vem com uma contagem limitada de células produtoras de hormônios, em média de 300.000 a 500.000.

Assim seu corpo que pela maior da sua vida contou com diferentes níveis de hormônios agora tem um declínio acentuado, trazendo um impacto para a sua saúde como um todo.

Este período é o climatério que antecede a menopausa que é a cessação completa da produção hormonal. Este declínio hormonal leva ao final do período fértil.

A falta dos hormônios, todavia causam diferentes respostas do organismo que agora é obrigado a funcionar sem esses hormônios reguladores.

Todas as mulheres terão que passar pelo climatério. O que as diferenciam são apenas os graus com que os sintomas se apresentam. Algumas mulheres sentem intensamente a falta dos hormônios e precisam de tratamento rápido outras já praticamente não sentem os sintomas, mas mesmo assim exigem cuidados.

FIQUE ATUALIZADA!

Cadastre o seu email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!

Os principais sintomas do climatério e menopausa

São bastante os sintomas e sinais que indicam o climatério. Já que há um declínio muito significativo da produção hormonal a cada dia.E isso repercute de diversas maneiras.

Os sintomas do climatério mais comuns são:

  • Falta de libido
  • Calorão ou fogachos
  • Ansiedade
  • Fadiga
  • Ressecamento vaginal
  • Mudança na forma corporal com aumento do acúmulo de gordura no tronco
  • Aumento de infecção urinária
  • Aumenta de incontinência urinária
  • Aumento colesterol, pressão arterial e resistência a insulina
  • Aumento de chances de problemas vasculares
  • Perda de massa óssea

Todos estes sintomas são os mais comuns e que geralmente se apresentam em um número maior de mulheres. No entanto não é regra geral. Isso porque algumas mulheres podem sentir sintomas diferentes ou mesmo não sentir.

Além disso, é possível perceber interrupções e ausência do ciclo menstrual por alguns meses. Esta inconsistência no ciclo menstrual é um forte indício de que já é o climatério entrando na sua vida.

Pode haver interrupções no ciclo menstrual de um mês o no outro volta. Pode haver interrupções maiores como 2 ou 3 meses e depois o ciclo se retoma. Até que se estabilize a ausência por pelo menos um ano completo indicando que você já está na menopausa.

FIQUE ATUALIZADA!

Cadastre o seu email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!

Entenda porque há confusão entre o climatério e menopausa

O termo menopausa é bem conhecido que o termo climatério, havendo muita. No entanto como já delineamos cada uma agora é muito mais fácil realizar esta identificação.

O importante é entender que o climatério embora já apresente sintomas ainda é uma fase de transição. Seu corpo ainda possui hormônios na fase pré menopausa e não tem hormônios ou tem pouco hormônios na fase pós menopausa.

Por isso toda a sintomatologia já começa a surgir. Quando há finalmente a cessação completa dos hormônios presentes e isso ocorre por ano seguido é definido como menopausa.

Uma vez na menopausa não há regresso e o corpo não volta mais a produzir hormônios. É nesta etapa que a terapia de reposição hormonal feminina pode ser um fator contribuinte para sua qualidade de vida e principalmente redução da sintomatologia.

Agora que você conhece em detalhes tanto o climatério como a menopausa fica ainda mais fácil identificar as situações. Principalmente já que toda mulher, sem exceção vai passar por ambas as fases em sua vida normal.

Obrigada rainhas por me acompanharem em mais um conteúdos exclusivo espero que tenham aprendido bastante sobre o climatério. Curta e compartilhe com as amigas para também aprenderem e se inscreva no meu canal do Youtube.

4.78/5 (123)

Avalie isso

Comenta AQUI