TODA MULHER DEVE REPOR TESTOSTERONA NA MENOPAUSA? (CONSENSO 2019 IMS)

Será que toda mulher precisa repor testosterona na menopausa?

Hoje vou te contar o que a Sociedade Internacional de Menopausa (International Menopause Society – IMS) preconiza sobre esse assunto.

Além disso, você também vai aprender e revisar os seguintes tópicos:

  • O que é testosterona e onde é produzida.
  • As causas da diminuição da testosterona.
  • Um teste para você saber se deve repor testosterona.
  • O que pode ocasionar situações na qual repõe e não melhora.
  • Que dose usar e como usar.
  • E muito mais!

O que é testosterona e que a produz?

A testosterona é um hormônio androgênico que apresenta várias ações corpo. Suas principais características são:

  • Predomina no homem e é seu hormônio principal;
  • A mulher tem 5 a 10 % da quantidade de testosterona em relação ao homem;
  • É produzida pelos ovários e pela adrenal;
  • Apresenta pico de produção na mulher aos 20 anos;
  • Cai drasticamente na menopausa.

Quais as causas da diminuição da testosterona?

Saiba que existem várias causas que podem acarretar na diminuição da testosterona bem antes da menopausa. São elas:

  • Uso de pílula anticoncepcional reduz a testosterona livre;
  • Terapia com esteroides orais, anabolizantes, que suprimem a adrenal;
  • Tratamento com remédios de ação antiandrogênica para problemas como acne, oleosidade, queda de cabelo, uma vez que essas substâncias bloqueiam os receptores de testosterona;
  • Panhipopituitarismo, alteração na glândula hipófise que causa diminuição ou falta de produção de hormônios;
  • Estresse crônico;
  • Menopausa cirúrgica;
  • Menopausa fisiológica;
  • Menopausa precoce
  • Uso de radioterapia pélvica;
  • Uso de quimioterapia.

Enfim, são inúmeros fatores que podem fazer com que a testosterona caia, mesmo antes da menopausa.

Teste para você saber se precisa repor testosterona

Agora, vou te fazer 7 perguntas que vão te ajudar a saber se a sua testosterona está em baixa. 

Vamos lá! 

  1. Você está tendo secura vaginal e dor na penetração? Como isso afeta a sua vida sexual?
  2. Você perdeu o desejo sexual e pensamentos relacionados? Como eram e como estão?
  3. Você percebe que responde menos ao seu parceiro, sexualmente? Como você se sente?
  4. Você responde menos ao estímulo sexual? Como está a sua excitação?
  5. Você está com dificuldade para alcançar o orgasmo? Como era antes o seu orgasmo?
  6. Se você respondeu SIM a qualquer uma das anteriores, isso incomoda você? Traz angústia? Que sentimento traz para você?
  7. Se sua resposta foi SIM para qualquer uma das anteriores, você gostaria de resolver sabendo que é possível dar um basta nesse transtorno?

Logo, se a sua resposta for SIM, dê o próximo passo!

Busque um especialista para ajudar você e entre em ação!

O teste acima foi traduzido é preconizado pela IMS, consenso 2019, para averiguar transtornos sexuais. Sendo assim, estudos científicos mostram que a reposição de testosterona é indicada nesses casos. Por isso, se seu teste foi positivo, de acordo com a Sociedade Internacional de Menopausa, você deve repor testosterona.

FIQUE ATUALIZADA!

Cadastre o seu email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!

Fique tranquila, seu e-mail está completamente SEGURO conosco!

Como proceder se a sua reposição de testosterona não funcionar?

Em primeiro lugar, você precisa falar com seu médico para que ele avalie a dose e o tempo de uso. Depois, é importante verificar a qualidade da farmácia de manipulação, já que isso é essencial para que o gel ou creme permeie a pele.

Além disso, existem outros fatores relacionados ao transtorno sexual que independem da testosterona, como:

  • Fatores culturais, religiosos e crenças;
  • Desgaste da relação, mágoas e rancores;
  • Baixa autoestima;
  • Depressão, tristeza e frustração;
  • Uso de determinados remédios;
  • Estresse e cansaço.

Qual a dose certa a ser usada e como usar a testosterona?

A testosterona pode ser reposta na forma de gel, creme ou implante. Cada mulher reage à menopausa de uma forma. Portanto, a dosagem dependerá muito das queixas, da sensibilidade no receptor deste hormônio e dos possíveis efeitos adversos. Logo, a resposta ao tratamento é individual e seu médico vai definir a dose baseado na sua avaliação. É importante ressaltar que, a reposição em excesso também traz efeitos colaterais negativos.

DMS-5: Manual de diagnóstico e estatístico de transtornos mentais

O diagnóstico de perda do interesse nas relações sexuais e/ou falta de excitação, baseia-se na classificação do manual DSM-5. Por sua vez, este baseia-se na presença de 3 dos seguintes critérios:

  1. Atividade sexual reduzida/ausente;
  2.  Ausência/redução de fantasias sexuais;
  3. Ausência de iniciativa em iniciar atividade sexual e falta de receptividade à iniciativa do parceiro;
  4. Ausência/redução de excitação durante a atividade sexual em cerca de 75-100% das vezes;
  5. Ausência/redução de excitação em resposta a estímulos eróticos (escritos, verbais ou visuais);
  6. Ausência/redução de sensações genitais e não genitais em 75-100% das relações sexuais.

De acordo com a avaliação, pelo menos 3 critérios  precisam estar presentes por, no mínimo, 6 meses e devem causar angústia à paciente. Sendo assim, a presença desse quadro é classificada pelo DSM-5 como Transtorno do Interesse/Excitação Sexual Feminino. Logo, o diagnóstico desta síndrome é realizado com base em critérios exclusivamente clínicos e não há dosagem de testosterona especificamente indicada. 

TODA MULHER DEVE REPOR TESTOSTERONA NA MENOPAUSA?

Conclusão

Ao realizar a reposição de testosterona, a recomendação é manter uma dosagem ideal, similar a que teríamos aos 20 anos. Porém, vale relembrar que a dose difere para cada mulher, já que a sensibilidade ao tratamento é individual. Por isso, sempre aconselhe-se com o seu médico e relate qualquer sintomas.

Por fim, devemos ressaltar que qualquer disfunção sexual precisa ser tratada para o bem da saúde em geral.

E você?

Repõem, já repôs ou está pensando em repor testosterona?

Tem alguma dúvida sobre o tema?

Veja meus conteúdos no YouTube, Instagram, Facebook, Blog e, caso tenha alguma pergunta, coloque nos comentários!

Juntas, vamos aprender e acabar com todos os mistérios que envolvem a menopausa!

2 Comentários


  1. Todas as perguntas eu respondi sim (mentalmente) meu exame mostrou que o estradiol está <5.
    O médico receitou: Buona e Stelle. Não sei mais à quem recorrer😩

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *