É POSSÍVEL RECUPERAR A LIBIDO SEM HORMÔNIOS?

No tema do ABC da Menopausa de hoje, vou te contar como é possível recuperar a libido sem utilizar hormônios.

Além disso, como sua mentora especialista em ginecologia e menopausa, preciso te alertar que a falta da libido gera muito mais consequências do que apenas a vontade de fazer sexo.

Vamos lá! 

É hora de aprender um pouco mais!

É POSSÍVEL RECUPERAR A LIBIDO SEM HORMÔNIOS?

O que é a falta de libido? 

A falta de libido nada mais é do que a ausência de desejo sexual ou interesse pelo sexo. Por isso, trata-se de uma disfunção sexual.

Saiba que existem 3 tipos de disfunções sexuais que são mais frequentes:

  1. Falta de desejo;
  2. Falta de orgasmo, chamada de anorgasmia, ou dificuldade para atingir o orgasmo;
  3. Dor na relação sexual.

Além dessas, temos outras como o vaginismo e a falta de excitação, isto é, frigidez.

O que leva à disfunção?

As disfunções sexuais podem ser geradas por inúmeras causas. Sendo assim, dentre elas temos:

  • Fatores gerais: doenças do coração, diabetes, doenças reumatológicas;
  • Causas locais: infecções, inflamações na vagina, falta de lubrificação;
  • Motivos psicológicos: problemas de relacionamento, insatisfação com o parceiro; decepções; mágoas; traições; ejaculação precoce;
  • Estados mentais: ansiedade, depressão;
  • Estresse crônico: fadiga e cansaço excessivos. Com isso, a produção de cortisol, hormônio relacionado ao estresse, diminui a testosterona, que influencia na libido;
  • Baixa autoestima: sobrepeso, obesidade;
  • Uso de remédios: muitos medicamentos para pressão, depressão e ansiedade prejudica a libido;
  • Utilização de anticoncepcionais: causam a redução da testosterona livre;
  • Fatores hormonais: falta de hormônios por causa menopausa, ou seja, estrogênio e testosterona.

Por tudo isso, a falta de libido precisa ser avaliada de maneira geral, já que seus motivos podem ser muitos. 

Além do mais, os homens também podem sofrer com a queda da libido.

Qual o problema da falta de libido? 

A falta de desejo sexual gera diversos problemas. Logo:

  • Se você tem um parceiro, a vida sexual muda para pior. Com isso, a disfunção traz discussões, reclamações e até mesmo separação do casal;
  • Se você gosta de sexo regular e não consegue ter, logo sentirá frustração, sensação de incapacidade e a diminuição da autoestima. Sendo assim, o mesmo pode ocorrer com o parceiro.

Por fim, os sintomas da falta de desejo sexual abalam o relacionamento de diversas formas. Ou seja, a mulher se sente mal com ela mesma, com o parceiro e com o sexo. Com isso, entra no CICLO DA RUÍNA DA FALTA DE LIBIDO, no qual este problema afeta a vida pessoal, conjugal e sexual. 

É possível recuperar a libido sem hormônios?

SIM! É possível!

Mas, como eu já disse, a disfunção precisa ser avaliada como um todo. Por isso você precisa:

  1. Identificar as causas: refletindo sozinha, com a ajuda de terapia e/ou um médico;
  2. Decidir tratar a disfunção; 
  3. Se você tem um parceiro: precisam conversar sobre o assunto para entender a situação e as formas de tratamento. Além disso, resgatar o relacionamento;
  4. Analisar se o parceiro tem problemas como, por exemplo, ejaculação precoce o que pode te desanimar. Ou ainda se as preliminares não são suficientes para que você fique excitada;
  5. Verificar se você toma algum remédio que interfere na libido. Se for o caso, converse com seu médico sobre a possibilidade de troca da medicação;
  6. Se está estressada e cansada: reveja sua rotina;
  7. Caso esteja fora do peso e isso interfira na sua autoestima, planeje-se e mude! Para isso, faça a alimentação certa para emagrecer com saúde;
  8. Se for preciso, faça terapia em casal;
  9. Praticar exercício físico regular libera endorfinas, o que ajuda no peso, no humor e na autoestima;
  10. Reduzir o seu estresse também vai aumentar precursores hormonais e, consequentemente, melhorar a produção dos hormônios que afetam a libido;
  11. Fazer uso de suplementos com fitoterápicos e outros ativos que auxiliam na libido.

Sendo assim, use os tópicos acima como um check-list. Identifique o que você precisa melhorar, solucionar e começar a praticar para recuperar a libido mesmo sem usar hormônios.

5 substâncias para aumentar a testosterona e recuperar a libido sem hormônios

Como sempre digo, se você pode contar com o auxílio de um nutricionista ou médico para a prescrição desses suplementos é o ideal. Porém, se não for possível, atente-se para as doses médias indicadas, compre boas marcas e use boas farmácias de manipulação.

Além disso, não faça a combinação dessas substâncias sozinha!

Ou seja, se quiser tomar vários simultaneamente para potencializar o efeito, você vai precisar de um profissional para determinar as doses certas de cada composto.

FIQUE ATUALIZADA!

Cadastre o seu email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!

Fique tranquila, seu e-mail está completamente SEGURO conosco!

#1 Ácido D-aspártico

É um aminoácido que ajuda na síntese da testosterona, que é importante para a libido. 

#2 Tribulus terrestris

É um fitoterápico que estimula a produção de testosterona e de óxido nítrico. Esse último é um vasodilatador que aumenta a irrigação da pelve, favorecendo a excitação).

#3 Maca peruana

É um fitoterápico que estimula a produção de testosterona e de DHEA, hormônio de estresse precursor da testosterona. Assim, aumenta o desejo e diminui o estresse.

#4 Marapuama 

É um fitoterápico que aumenta a libido e tem ação anti estresse. 

#5 Rhodiola Rosea

É um fitoterápico que tem ação anti estresse. Com isso, ajuda a regular o cortisol, aumentando a produção do DHEA que é precursor de testosterona.

Por fim, as plantas têm mais de uma ação, ou seja, além das citadas, cada uma atua em muitos outros aspectos do organismo.

Além disso, os efeitos colaterais dependem muito da sensibilidade individual.

A MENOPAUSA FRAGILIZA A MULHER
É POSSÍVEL RECUPERAR A LIBIDO SEM HORMÔNIOS!

Como recuperar a libido sem hormônios passo a passo

Resumindo, como vimos acima, para recuperar a libido sem o uso de hormônios é preciso:

  1. Detectar as causas;
  2. Gerenciar o estresse, que é responsável por diminuir os hormônios precursores de testosterona;
  3. Praticar exercício físico regular; 
  4. Estimular a produção de testosterona com substâncias não hormonais, como os fitoterápicos.

Desta forma, essas são medidas que possibilitam você recuperar a sua libido sem ter que fazer a terapia de reposição hormonal. Logicamente, os efeitos não são os mesmos da reposição adequada. Mas, tais ações podem te ajudar muito e, além disso, você pode fazer sozinha. Porém, se quiser e/ou puder, ter um nutricionista ou ainda um médico é o ideal.

Agora me conte…você sofre com a falta de libido?

Conhecia ou já usou alguma das substâncias que eu citei?

Gostou do conteúdo e quer aprender ainda mais sobre menopausa?

Para isso, faça parte das minhas redes no Instagram, Facebook, YouTube e Telegram!

Por último, mas não menos importante, compartilhe este artigo para que mais mulheres saibam que é possível recuperar a libido sem hormônio!

Unidas, podemos nos ajudar e aprender cada vez mais a buscar uma vida plena, com saúde, autoestima, bons relacionamentos e alegria!

4 Comentários


  1. boa tarde tem algum video que fala como cuidar da pele e cabelos na menopausa

    Responder

  2. Oi mentora, boa tarde. Gosto muito dos seus vídeos, tem me ajudado bastante. Quero saber se vc faz consulta on line e qual é o valor.
    Obrigada 😘

    Responder

  3. Preciso de indicação de algum profissional que atenda em Campo Grande MSNão tenho condições financeiras de ir a São Paulo. Gostaria muito de me consultar com você Mentora !

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *