MENSTRUAÇÃO NA MENOPAUSA COMEÇA E PARA: É PREOCUPANTE?

menstruação na menopausa
menstruação na menopausa

Se você está tendo menstruação na menopausa e está em dúvida se isso é normal, não deixe de me acompanhar!

Eu preparei para você esse artigo especial. Aqui, vou te explicar tudo sobre sangramento na menopausa. Também vou esclarecer porque ele acontece nesse período e no final, vou te mostrar quando você deve se preocupar ou não.

Logo, é importante que você esteja bem atenta às mudanças que podem acontecer nessa fase. Assim, se perceber qualquer coisa de diferente, procure logo seu ginecologista.

Qual a diferença entre climatério e menopausa?

Primeiramente, vamos rever alguns conceitos?

Assim, vai ficar mais fácil para você entender o que pode estar acontecendo.

O que define a menopausa?

Como já vimos, a menopausa acontece na vida de todas as mulheres e se dá, em média, dos 45 aos 55 anos.

Desta forma, se você está com mais de 45 anos, está sem menstruar por 12 meses seguidos, sem fazer uso de nenhum hormônio, isso é a menopausa. Isso também marca o fim do período reprodutivo para a mulher.

Então, a idade do início da menopausa pode variar, assim como a intensidade dos sintomas.

Quando ocorre por volta dos 40 anos, é chamada de menopausa precoce ou prematura, ou seja, tudo o que você teria 10 anos depois, vai ter 10 anos antes.

Mas e o climatério?

É toda aquela fase que abrange a pré-menopausa (quando você ainda menstrua), a menopausa (que é a parada da menstruação) e a pós-menopausa. Representa, assim, a transição da fase reprodutiva para a não reprodutiva.

FIQUE ATUALIZADA!

Cadastre o seu email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!

Fique tranquila, seu e-mail está completamente SEGURO conosco!

Por que a menstruação começa e para?

Como você já sabe, a menopausa significa a parada definitiva da menstruação. Isso considerando-se que seja por um período de 12 meses consecutivos, desde que não use nenhum remédio anticoncepcional.

Sendo assim, o seu ovário deixou de funcionar, ou seja, não produz mais hormônios. Porém, esses hormônios são fundamentais para a nossa saúde como um todo, pois são responsáveis por várias funções celulares.

Na verdade, esse declínio hormonal não está relacionado apenas à parte reprodutiva das mulheres, mas também têm impacto no seu sistema endócrino.

Logo, a maioria das mulheres terá alguma irregularidade no seu ciclo menstrual, antes da parada definitiva da menstruação.

Desta maneira, pode vir por mais dias, mas com menos sangramento, mas também por menos dias, mas com muito sangramento, variando muito de intensidade.

Além disso, as taxas de hormônios também começam a diminuir. Isso causa não somente esse ciclo irregular, mas também uma série de mudanças no seu corpo.

Então, com o passar dos anos, nós vamos gastando todos esses hormônios. Finalmente, em torno dos 50 anos, essa produção acaba e assim, você para de menstruar.

A menstruação desaparece na menopausa?

O ciclo menstrual irregular é o primeiro sinal de que a menopausa está se anunciando. Junto com ela, você passa a apresentar uma série de sintomas, alguns um tanto desagradáveis.

Já que eu não tenho como listar aqui todos esses sintomas, porque são muitos, vou deixar uma dica super interessante: preparei um artigo onde faço uma lista dos 76 sintomas da menopausa.

Principais sintomas da menopausa

Logo, se você quiser aprender mais, vale muito a pena dar uma olhada no artigo citado acima. Quem sabe já pode estar acontecendo, mas você ainda nem se deu conta?

Mas, vou te contar os principais sintomas:

  • Fogacho, calorão e ondas de calor, que atingem cerca de 90% das mulheres;
  • Insônia, muitas vezes causada pelo calorão;
  • Falta de libido e de desejo sexual;
  • Cansaço, principalmente porque você não dormiu bem;
  • Vagina seca, trazendo dor na relação, porque não tem lubrificação vaginal;
  • Ganho de peso, especialmente acúmulo de gordura abdominal;
  • Alteração de humor, onde a mulher fica mais irritada, ansiosa e depressiva;
  • Infecção urinária de repetição.

Como podemos ver, são muitas as queixas durante essa fase. Esses sintomas acabam afetando muito a qualidade de vida das mulheres, interferindo em todas as suas atividades, tanto pessoais quanto profissionais.

Sendo assim, tenha em mente que tudo isso é muito importante e todas as mulheres devem saber que é possível, sim, resolver.

A grande questão é que alguns desses sintomas podem desencadear algumas doenças mais sérias se não forem tratados, ou até mesmo piorar alguma doença já existente.

Por isso, não desconsidere alguns sintomas que podem estar acontecendo durante esse período. O problema é que alguns destes  podem não estar relacionados à menopausa.

Então, voltando à menstruação na menopausa, o normal é que ela desapareça por completo nessa fase, principalmente na pós-menopausa, onde você não tem mais que sangrar.

Mas fique atenta se esse sangramento voltar a acontecer, porque aí é preciso começar a se preocupar.

FIQUE ATUALIZADA!

Cadastre o seu email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!

Fique tranquila, seu e-mail está completamente SEGURO conosco!

Posso voltar a menstruar depois de 1 ano ou 5 anos?

Antes de mais nada, saiba que, se você voltar a menstruar após alguns anos depois da menopausa, esses sangramentos são anormais.

Com o passar dos anos, existem duas situações onde a mulher pode voltar a menstruar. Vamos ver cada uma delas?

A mulher volta a menstruar e está usando hormônio

De repente, você está usando hormônio e o seu médico te disse para usar e parar. Isso se chama tratamento cíclico, onde é esperado o sangramento.

Além disso, existe também um tratamento chamado de esquema contínuo, ou seja, quando a mulher toma hormônio direto.

Em teoria, não tem que ter sangramento. Entretanto, quando sangra é preciso fazer um ajuste hormonal.  Assim, o médico talvez tenha que alterar a dose ou o tipo de hormônio.

A mulher volta a menstruar, mas não está usando hormônio

Agora, é preocupante quando a mulher não toma hormônio, entrou na menopausa e apresenta algum tipo de sangramento.

Mas por que acontece esse sangramento?

Porque você está tendo um estímulo inadequado dos hormônios dentro do seu útero. Logo, é importante investigar que estímulo é esse.

Portanto, procure conversar com seu médico ginecologista. Ele vai avaliar a camada interna do seu útero, que é o endométrio.

Em cada ciclo menstrual, o endométrio engrossa, se preparando para uma possível gravidez.

Mas, se a gravidez não acontece, o revestimento que envolve o endométrio se solta em forma de menstruação.

Porém, nós tínhamos sangramentos porque tínhamos estímulos todos os meses nessa camada interna. Mas, a partir do momento que chegamos na menopausa, não existe mais esse estímulo e isso não deveria acontecer, principalmente se você não está usando hormônio.

O que você deve fazer se tiver menstruação na menopausa?

Vá ao seu ginecologista. Provavelmente, ele vai te pedir um ultrassom transvaginal, a fim de avaliar se sua camada está espessa.

Nesse caso, ou ele vai fazer um teste com hormônio ou vai pedir um exame chamado de vídeo-histeroscopia, para investigar melhor.

Sendo assim, através da histeroscopia, o profissional vai olhar a parte de dentro do útero usando um telescópio fino, chamado de histeroscópio. Geralmente, isso é feito com anestesia local.

Mas, quando essa camada está mais fininha, pode até sangrar. Então, quando se pensa em investigação, essa camada tem que estar mais grossa.

Não ignore um sangramento!

Além disso, outro exame é a biópsia dessa camada. Isto é, uma amostra do revestimento do seu útero. Felizmente, na maioria das vezes, não é nada.

Porém, algumas mulheres podem ter pólipos no útero e algumas alterações no endométrio.

Em casos mais raros, pode ser câncer no endométrio e precisa ser tratado o mais rápido possível.

Por isso, nunca subestime qualquer tipo de sangramento, principalmente se aparecer na pós-menopausa.

Determinar a causa desse sangramento é fundamental, pois assim o profissional que cuida da sua saúde vai indicar o tratamento mais adequado.

Acontece que algumas mulheres não têm as informações corretas e muitas vezes, desconsideram esse sangramento.

Tal fato é preocupante, porque pode ser alguma coisa bem mais séria, trazendo prejuízo para a sua saúde.

Então, mesmo que seja um sangramento não muito intenso, não deixe de marcar logo uma consulta com seu médico. Somente ele é capaz de fazer o diagnóstico correto e te orientar da melhor forma.

Conclusão

Você viu que é normal a parada da menstruação na menopausa. Porém, existem algumas situações em que a mulher pode ter sangramento.

Assim, se você entrou na menopausa, não toma hormônio e está sangrando, não perca a chance de procurar logo seu médico.

Saiba que esse sangramento anormal é preocupante. Se está acontecendo com você, não deixe de investigar.

Não perca tempo!

Às vezes, até pode parar, mas o problema já foi desencadeado. Portanto, quanto antes você fizer o diagnóstico, logo poderá começar o tratamento, beneficiando a sua saúde.

Por isso, o que você precisa ter em mente é:

Qualquer coisa de anormal durante a menopausa, principalmente sangramentos, não demore e procure logo seu ginecologista.

Assim, ele vai poder te dar todas as orientações e, se preciso, solicitar alguns exames.

Além disso, pense que outras mulheres podem estar na menopausa e de repente acham que é normal o sangramento, mas em alguns casos não é…

É muito importante fazer as consultas regulares com o médico que cuida da sua saúde, especialmente nessa fase.

Pode ser que o sangramento não seja nada. Mas, e se for indicador de algo mais sério?

Portanto, compartilhe, com o máximo de mulheres que você conhece, isso que acabou de aprender. Com isso, elas saberão o que fazer caso aconteça com elas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *