7 TIPOS DE CORRIMENTO VAGINAL

tipos de corrimento vaginal
Tipos de corrimento vaginal

Os diferentes tipos de corrimento vaginal são uma mensagem do seu corpo indicando que algo precisa de atenção. Mas será que essa mensagem é um aviso que algo pior está por acontecer com sua saúde?

O corrimento vaginal normal é algo comum já que a vagina é um órgão auto limpante. No entanto cada coloração e aspecto de corrimento indica uma condição anormal. É justamente por isso que é muito importante identificar através da coloração se essa secreção é normal ou preocupante.

Olá rainhas tudo bem com vocês? Hoje vamos abordar um assunto que até mesmo pode ser considerado um tabu até mesmo entre as mulheres. Os tipos de corrimento vaginal podem ser apresentado em diversas colorações (Branco, Marrom, Esverdeado, Amarelo, Acinzentando…).

Cada coloração pode indicar uma situação ou até mesmo condição. Sendo assim é fundamental conhecer todas as variáveis para ter certeza se é um corrimento normal ou oriundo de alguma alteração fisiológica que possa ser preocupantes. Continue lendo e saiba tudo sobre o assunto.

O QUE É O CORRIMENTO VAGINAL?

A vagina é um órgão que se limpa sozinha. Sendo assim ela requer fluidos para realizar este processo natural. Estes fluidos se manifestam através de secreções ou corrimentos vaginais.

No entanto o corrimento normal se apresenta de uma forma, ao passo que o anormal se apresenta de outra forma. Estas formas são distinguíveis através da coloração e também da presença de odores e sintomas associados que possam eventualmente surgir.

Hoje você vai aprender a analisar esses tipos corrimentos vaginais através de seus aspectos principais. Também vale ressaltar que se o corrimento está te incomodando, independente da coloração que apresenta é aconselhável recorrer sempre ao seu ginecologista para examinar com a devida atenção.

O corrimento vaginal é algo que acomete muitas mulheres ao longo da vida e em diferentes etapas da vida e também em diferentes frequências. Mesmo assim quando identificamos um corrimento na calcinha logo nos preocupamos e pensamos: será que isso é algo normal ou devo me preocupar?

Veja os próximos blocos deste artigo onde vou lhe explicar um pouco mais sobre corrimentos e seus vários tipos. Você vai saber identificar facilmente através da coloração e outras características. Então continue lendo.

FIQUE ATUALIZADA!

Cadastre o seu email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!

Fique tranquila, seu e-mail está completamente SEGURO conosco!

CONHEÇA OS 7 TIPOS DE CORRIMENTO VAGINAL MAIS FREQUENTES

1.  CORRIMENTO VAGINAL NORMAL E SUAS CARACTERÍSTICAS

O corrimento normal tem uma aparência muito comum e você certamente já o viu ai na sua calcinha várias vezes. Este corrimento se apresenta branquinho ou parecendo clara de ovo.

Este aspecto de clara de ovo envolve tanto a coloração quanto a viscosidade relacionado à data do seu ciclo menstrual. Este corrimento branquinho não é preocupante desde que não haja outra queixa associada.

Este corrimento branco não preocupante geralmente não vem acompanhado nem de dores, mau cheiro, desconfortos ou qualquer tipo de incomodo associado. Tudo isso é indicativo da sua normalidade.

No entanto o que ocorre em muitos dos casos é que ao descer para sua calcinha e permanecer lá por um tempo estes fluidos podem ter alterações na sua coloração.

Estas alterações podem deixar este corrimento amarelado. Isso pode levar você a confundir o corrimento normal branquinho com uma situação anômala. Por isso é importante estar atentas também a este fator.

Sendo assim o corrimento branco ou levemente amarelado, não contendo outro sintoma como dores, incômodos e mau cheiro é completamente normal e faz parte da sua fisiologia.

2.  CORRIMENTO BRANCO ESPESSO

O corrimento branco espesso já é uma alteração considerável e pode ser percebida facilmente. Este tipo de corrimento se aparenta como uma coalhada, ou seja, é muito mais espesso e também é acompanhado de outros sintomas.

Geralmente é associado a coceiras, desconforto para urinar podendo causar até mesmo dor durante este momento. Também esta associada à:

  • ardência durante as relações sexuais e
  • desconforto pélvico.

Para ficar bem claro este tipo de corrimento é causado devido ao surgimento de um tipo de fungo na flora vaginal (estudo). Sendo assim nestas condições você deve consultar o seu ginecologista para que as medidas sejam tomadas.

Um exame será realizado e o melhor tratamento será definido. Geralmente os tratamentos são bem eficazes e os fungos são eliminados rapidamente através de medicações.

Então para ficar bem claro o corrimento vaginal branco espesso é um indicador de fungo presente na flora vaginal. Além do corrimento propriamente dito também há vários sintomas como acima descritos que acompanham este tipo de corrimento.

Este é o fungo causador da candidíase vaginal e precisa ser tratado logo no inicio. Isso para evitar maiores incômodos e também livrar você completamente do fungo já que ele é completamente tratável.

FIQUE ATUALIZADA!

Cadastre o seu email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!

Fique tranquila, seu e-mail está completamente SEGURO conosco!

3.  CORRIMENTO ACINZENTADO

O corrimento acinzentando se apresenta ainda mais fluido que os demais, ou seja, é ainda mais liquido e não apresenta viscosidade significativa. No entanto é acompanhado de outras características.

Outra característica muito forte que acompanha a secreção acinzentada é o mau odor. Realmente este tipo de secreção é facilmente identificada, pois realmente tem odor de peixe podre e é bem forte.

Este tipo de corrimento por sua vez tem origem bacteriana. A bactéria se desenvolve na flora vaginal desencadeando estes sintomas. Isto ocorre devido ao desequilíbrio da própria flora vaginal que passa a permitir o desenvolvimento de bactérias prejudiciais a sua vagina.

Então o responsável pelo surgimento do corrimento acinzentado na verdade é a bactéria Gardnerella vaginalis. Também são comuns outros sintomas associados.

Estes sintomas parecem bastante com a segunda situação que é aquele corrimento branquinho espesso. Dessa forma é possível que o corrimento acinzentado venha acompanhado de:

  • irritação,
  • coceira,
  • incômodos pélvicos,
  • ardência ao urinar e também
  • ardência durante a relação sexual.

O diagnóstico desse corrimento é facilitado pelo odor causado, com isso o tratamento pode ser feito rapidamente.

4.  CORRIMENTO AMARELO OU ATÉ MESMO LEVEMENTE ESVERDEADO

O corrimento amarelo ou levemente esverdeado também é bastante comum e pode se apresentar em várias etapas da sua vida. Este corrimento também tem origem bacteriana.

Também vem acompanhado de vários sintomas como:

  • desconforto pélvico,
  • ardência ao urinar,
  • dor durante a relação sexual e também
  • coceira e outros tipos de incômodos locais.

A principal bactéria causadora do corrimento amarelo esverdeado é a Trichomonas vaginalis. Dessa forma há um protozoário invadindo o seu corpo e causando todos estes transtornos e incômodos.

Este tipo de corrimento também exige seus tratamentos através da eliminação do protozoário desencadeador dos eventos. Na verdade todo corrimento sintomático, ou seja, aquele acompanhado de sintomas deve ser tratado, pois são considerados anormais.

5.  CORRIMENTO MARROM QUE TAMBÉM PODE APRESENTAR TRAÇO DE SANGUE

Este tipo de corrimento também está relacionado a:

  • desconfortos,
  • ardor e dores associadas.

Este corrimento é de origem bacteriana, a bactéria responsável é a Neisseria Gonorrhoeae.

Da mesma forma que os demais corrimentos sintomáticos, este exige tratamento. Na maioria dos casos o contágio por esta bactéria está associado a relações sexuais sem preservativos.

6.  CORRIMENTO ESVERDEADO ESPESSO

O corrimento esverdeado vem acompanhado de diversos sintomas. Alguns deles são:

  • desconforto pélvico,
  • ardência ao urinar,
  • dor durante o ato sexual e
  • diversos outros incômodos

Este tipo de corrimento se apresenta espesso.

Todo corrimento que traz consigo uma sintomatologia precisa de atenção e principalmente de tratamento feito pelo seu médico.

A bactéria responsável pelo corrimento vaginal esverdeado também é o protozoário Trichomonas vaginalis.

7.  CORRIMENTO AMARELADO COM APARÊNCIA DE PUS

Este corrimento se apresenta de forma bastante viscosa e se assemelha e muito ao pus de feridas inflamadas. Este corrimento também é bastante preocupante e necessita tratamento.

O corrimento amarelado com aparência de pus pode ainda levar a infertilidade e é causado pela bactéria Chlamydia. Deve ser tratada com urgência pois pode trazer complicações que interferem na fertilidade.

♥♥♥ Aprenda mais sobre saúde da mulher ♥♥♥

RECAPITULANDO

Hoje falamos de 7 tipos de corrimento vaginais. Como vimos os corrimentos vaginais são acompanhados de cores e outros sintomas associados. Tudo isso facilita ainda mais a identificação do corrimento normal e natural dos corrimentos causados por algum agente e preocupantes.

Em todos os casos de corrimento vaginal preocupante é fundamental recorrer ao seu ginecologista. É ele quem vai definir o melhor tratamento para você e aplicar as medicações necessárias para o combate tanto aos fungos como bactérias irregulares da flora vaginal.

Em todos os casos melhor é a prevenção. Faça sempre sexo com camisinha principalmente se não tem um parceiro fixo. Assim você evita tanto contaminar como ser contaminada com algum tipo de fungo ou bactéria. Também é importante manter o equilíbrio da flora vaginal.

Bom, por hoje é só rainhas fiquem à vontade para curtir, compartilhar com as amigas e também a deixar o seu comentário. Lembre-se também de acompanhar o meu canal no YouTube e as minhas redes sociais (►►Meu Instagram◄◄ – ►►Meu Facebook◄◄).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *