TAPIOCA ENGORDA NA MENOPAUSA?

Você consome tapioca com frequência?

Já parou para pensar se ela pode, ou não, prejudicar seus resultados?

Como esse alimento ganhou fama, neste artigo vou esclarecer se a tapioca realmente engorda na menopausa!

Antes de mais nada, compartilhe esse conteúdo com aquela amiga que ama tapioca!

Ahhh…e não se esqueça que temos muito mais informações em todas as matérias do ABC da Menopausa!

TAPIOCA ENGORDA NA MENOPAUSA?

O que é tapioca? Qual a sua composição?

A tapioca é feita a partir da goma da mandioca. Por isso, é um carboidrato simples, com elevado índice glicêmico (IG). Isto quer dizer que ela é rapidamente absorvida pelo nosso organismo e transformada em glicose, que fica disponível no sangue.

Saiba que, o IG da tapioca tem valor de 115, sendo mais elevado que o IG do açúcar refinado, que é 92, e até do pão francês (IG=95). Além disso, a tapioca é pobre em nutrientes, possui pouquíssima proteína, não apresenta fibras, nem vitaminas, minerais e gorduras.

Apesar de ser um alimento de baixo valor nutricional, ela não tem corantes, conservantes, nem glúten.

Como a tapioca impacta no metabolismo geral?

Como expliquei logo acima, a absorção da tapioca é ultra rápida. Por isso, ela gera excesso glicose no sangue, o que faz com que haja aumento da insulina.

Assim, se a glicose sanguínea completar as nossas reservas dentro das células, do fígado e dos músculos e ainda sobrar, ela será armazenada na forma de gordura corporal, principalmente na barriga.

Ou seja, a tapioca gera um pico de insulina que dispara o armazenamento de gordura e dificulta o emagrecimento.

Na menopausa, o impacto no metabolismo é pior?

SIM! Principalmente na menopausa não tratada.

Isto porque, nessa fase, temos a diminuição e falta dos hormônios, o que deixa o metabolismo mais lento e ocasiona a resistência à insulina.

Com isso, nosso corpo tem ainda mais dificuldades em captar o excesso de glicose no sangue. Portanto, armazenamos mais gordura corporal, ganhamos mais barriga e sofremos com mudanças na forma corporal. Ou seja, na menopausa, a tendência é acumularmos mais gordura no tronco e nos braços, ficando com o aspecto “maçã”.

Por fim, o excesso de gordura gera inflamação, prejudicando o corpo como um todo e aumentando o risco para inúmeras doenças.

Logo, a mulher na menopausa precisa ter uma atenção especial com a alimentação!

Tapioca engorda na menopausa?

Engorda SIM!

Isto ocorre pois:

  • Os hormônios mudaram;
  • O metabolismo mudou, ficou mais lento e mais resistente à insulina;
  • No caso das sedentárias, o gasto de energia é ainda menor;
  • Além disso, a mulher que não faz um treino de força tem menos massa muscular, o que também desacelera o metabolismo.
  • Assim, tudo isso aumenta as chances de engordar e dificulta o emagrecimento.

Vale também lembrar que a tapioca não é o único carboidrato que será consumido no dia! Certo?

Logo, o ganho de peso ainda varia de acordo com todo o restante que foi consumido em cada refeição.

FIQUE ATUALIZADA!

Cadastre o seu email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!

Fique tranquila, seu e-mail está completamente SEGURO conosco!

Pode comer tapioca na menopausa? 

PODE, mas é preciso ter bom senso, avaliar como você está e qual o seu objetivo!

Assim:

  • Se treina, não está gorda e deseja aumentar a massa magra, pode comer;
  • Caso precise emagrecer, deve evitar o consumo; 
  • Está com barriga? Evite…mesmo que você esteja magra e apenas com barriga;
  • Se você estiver pré-diabética, evite a tapioca.

Ou seja, a frequência e a quantidade depende muito de cada caso…

O melhor é consumir esporadicamente e sem abusar!

Além disso, é uma opção para celíacos não diabéticos, mas com moderação.

Qual a melhor maneira de comer tapioca? 

Caso você decida consumir a tapioca, a melhor maneira é juntá-la com outros alimentos para, assim, melhorar o valor nutricional da refeição.

Para tanto, você pode:

  • Associar com outras farinhas, como chia, linhaça dourada e amaranto, deixando a mistura mais nutritiva;
  • Combinar a tapioca com alimentos que desaceleram a sua absorção, como as proteínas, o que ajuda a controlar o IG e a reduzir o pico de insulina;
  • Assim, você pode rechear com queijo, frango e ovo, por exemplo;
  • Também pode misturar com ovo, fazendo a famosa crepioca;
  • Não recomendo comer com banana, pois essa fruta tem IG moderado;
  • Também não recomendo consumir com farinha ou farelo de aveia;
  • Ou seja, na hora de escolher alguma combinação, analise a tabela nutricional de todos os alimentos e também seu IG (basta pesquisar no Google).
TAPIOCA ENGORDA NA MENOPAUSA! COMA COM MODERAÇÃO.

Não exagere! Tapioca engorda na menopausa 

A tapioca virou moda e ganhou fama de saudável. Porém, ela pode te engordar na menopausa!

Logo, como sempre, o segredo é MODERAÇÃO.

Avalie-se, defina seus objetivos e crie um cardápio variado.

Se você adora tapioca, consuma de forma esporádica, sem exageros e combinando com outros alimentos mais nutritivos e com menor IG.

Agora, se você está brigando com a balança, abandonar a tapioca é o melhor caminho!

Lembre-se: conhecer o que você come, através da leitura da tabela nutricional é essencial! Pois muitos alimentos que tem um apelo saudável não são tão favoráveis assim…principalmente na menopausa!

Fique ligada! Não se deixe enganar pela mídia, pelos influenciadores e pelas embalagens. 

Também tire da cabeça o seguinte pensamento: “é saudável, então posso comer o quanto eu quiser…”

O que você pode, ou não, depende muito do que você busca para a sua saúde!

Cuide-se! Não se contente com uma vida mais ou menos!

Se você quer mudar e aprender cada vez mais, me procure no Instagram, no Facebook, no YouTube e no Telegram (grupo Rainhas Empoderadas)!

Junte-se a outras mulheres que querem aproveitar a vida com muita saúde na menopausa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *