WHEY PROTEIN AJUDA A EMAGRECER NA MENOPAUSA?

Você conhece, já ouviu falar ou toma?

Será que Whey Protein é só para quem faz musculação?

Vale tomar na menopausa?

Ajuda a emagrecer e ganhar mais músculos? 

Aprenda agora, tudo o que você precisa saber sobre esse suplemento e como ele pode te auxiliar na menopausa.

WHEY PROTEIN AJUDA A EMAGRECER NA MENOPAUSA?

O que é WHEY PROTEIN e de onde ele vem

O Whey Protein mais comum é a proteína do soro do leite. Sendo assim, ela é extraída durante o processo de fabricação do queijo. 

Porém, ao longo do tempo desenvolveu-se também o Whey de origem vegetal. Logo, em ambos os casos e processos são extraídas somente as proteínas.

Portanto, o Whey é composto por aminoácidos essenciais, ou seja, aqueles que o nosso corpo não consegue fabricar. Além disso, contém o mínimo teor de carboidratos sem adição de gorduras. O que o torna um suplemento muito interessante para o dia a dia.

Qual a composição do WHEY PROTEIN

Como já vimos, o Whey é composto por aminoácidos essenciais. Sendo assim, cada um deles tem uma ação importante para a manutenção da nossa saúde. Vejamos abaixo:

  • Triptofano: importante para a serotonina;  
  • Metionina: atua no fígado; 
  • Fenilalanina: importante para a tiroxina, ou seja, essencial para o bom funcionamento da tireóide; 
  • Arginina e citrulina: utilizadas na síntese da ureia no fígado;
  • Glicina: contribui para a detoxi  pela urina;
  • Histidina: ligada à alergias;
  • Arginina + glicina + metionina: importantes para manter o reservatório de energia;
  • Glutamina: atua na divisão celular.

Tipos de WHEY PROTEIN

Existem 3 tipos de Whey que se diferenciam pelo processo de extração do mesmo. Sendo assim, aquele que passa por maior processamento, tem maior pureza, qualidade e, consequentemente, maior preço.

São eles:

  • Concentrado: mais básico, mais acessível quanto ao preço, composto por proteínas, carboidratos, contém lactose e sua digestão não é boa;
  • Isolado: sem lactose e com baixíssimo teor de carboidratos;
  • Hidrolisado: proteínas são quebradas e, por isso, sua digestibilidade é maior. Logo, é o Whey mais caro. 

Portanto, o ideal é consumir o isolado e o hidrolisado para obter melhores resultados.

FIQUE ATUALIZADA!

Cadastre o seu email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!

Fique tranquila, seu e-mail está completamente SEGURO conosco!

Tem benefícios na menopausa?

Claro! Consumir Whey Protein na menopausa traz inúmeras vantagens:

  • Colágeno: ajuda na firmeza da pele e sustentação, sendo assim, reduz a flacidez;
  • Unhas e cabelos: crescimento e firmeza;
  • Ossos e cartilagens: contribui para formar e manter. Além disso, ajuda a prevenir e tratar problemas;
  • Músculos: reduz a sarcopenia e, com isso, ajuda na melhora da  flacidez muscular;
  • Imunidade: contribui para a melhora desta; 
  • Antioxidante;
  • Ajuda no humor: auxilia na serotonina e no sono;
  • Melhora a pressão arterial, pois diminui a rigidez dos vasos;
  • Melhora o colesterol.

Ajuda a emagrecer na menopausa?

Sim! o Whey Protein contribui das seguintes formas para o emagrecimento na menopausa:

  • Dá saciedade, logo, com menos fome você come menos;
  • Inibe o apetite;
  • Aumenta o gasto de energia, isto é, a termogênese;
  • Melhora o nível de glicose;
  • Melhora a resposta à insulina;
  • Aumenta a massa muscular, o que acelera o metabolismo e, portanto, queima mais gordura e mais energia.

Como usar o WHEY para ter os melhores resultados? Saiba como eu faço…

É importante lembrar que o Whey precisa entrar na conta de ingestão de proteína. Portanto, EU faço da seguinte forma: 

  • Exemplo: eu peso 50kg, por isso posso comer até 100g de proteína por dia;
  • Se você treina, pode chegar mais perto da dose máxima de consumo no pré ou pós-treino. Com isso, ajudará na recuperação e construção das proteínas;
  • De whey, EU tomo 11g por dia, as vezes chego a usar 22g distribuidas em 2 doses no dia;
  • Opção de uso diário no café da manhã ou lanche da tarde, o Whey também é prático para levar na bolsa ou em viagem;
  • Eu uso batido com café ralo em uma caneca;
  • Se preferir, pode bater com frutas vermelhas ou até mesmo com abacate amassado. Tudo depende do seu peso e fome;
  • Consumir o whey um pouco antes da refeição ajuda a melhorar o índice glicêmico.

Tem efeitos colaterais? 

Tudo em excesso, ou de má qualidade, faz mal para a saúde. Portanto, é importante pesquisar sobre as marcas antes de decidir qual consumir.

Além disso, os Wheys de má qualidade possuem muito carboidrato, o que pode fazer com que você engorde.

Por fim, é essencial limitar a quantidade para que você não ingira em excesso, sobrecarregando o organismo.

WHEY PROTEIN AJUDA A EMAGRECER NA MENOPAUSA?

Conclusão

Com tudo isso, fica claro que o Whey deve fazer parte do seu cardápio saudável. Sendo assim, ele é útil para emagrecer, manter o peso, melhorar cabelos, pele, ossos e tudo mais.

Por isso, escolha bem o tipo e a marca, pois isso faz total diferença no seu resultado.

Eu uso a marca ESSENTIAL FARMA, que tem vários sabores! Meus preferidos são cacau e café!

Pesquise, teste e decida qual marca é melhor para você!

Compartilhe esse conteúdo para que mais mulheres conheçam a importância do Whey Protein e saibam que ele pode ser usado por todas nós!

Assim, passamos para frente mais uma estratégia interessante para melhorar a qualidade de vida e saúde na menopausa!

1 comentário


  1. Entrei na menopausa com 42 anos agora estou com49 anos ainda posso fazer reposição hormonal , tenho nódulo na tiróide e um cisto no rim. Adorei as informacoes

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *