COMO ELIMINAR A GORDURA DO FÍGADO NA MENOPAUSA

COMO ELIMINAR A GORDURA NO FÍGADO NA MENOPAUSA.
COMO ELIMINAR A GORDURA NO FÍGADO NA MENOPAUSA.

Vou revelar 9 maneiras de como eliminar a gordura do fígado na menopausa. Você sabia que este é um problema silencioso que atinge grande parte das pessoas? Então me acompanhe e conheça tudo sobre essa doença.

O que é a gordura do fígado?

A presença de acúmulo de gordura neste órgão é oficialmente chamada de Esteatose Hepática ou Infiltração Gordurosa Hepática. Tal problema está presente de 25 a 35% das pessoas, ou seja, em cerca de 1/3 da população. Além disso, atualmente, esse excesso de gordura ultrapassou o álcool e se tornou a maior causa de perda do fígado, gerando a necessidade de transplante!

Sendo assim, consiste em uma doença crônica silenciosa, isto é, ela vai acontecendo gradativamente ao longo de anos. Com isso, as células do fígado, que é um órgão imprescindível para a vida, são infiltradas por gordura e vão tendo sua função cada vez mais prejudicada.

O que causa a gordura no seu fígado?

Os principais fatores responsáveis pela deposição de gordura no fígado são:

  • Sobrepeso e obesidade;
  • Álcool, que antigamente era a principal causa deste grave problema;
  • Ingestão elevada de carboidratos;
  • Resistência à insulina, ocasionada pelo consumo excessivo de carboidratos;
  • Diabetes tipo 2, também desenvolvida através da ingestão exagerada de carboidratos;
  • Aumento de triglicerídeos, devido o consumo demasiado de carboidratos e gorduras ruins;
  • Utilização de alguns medicamentos como: corticoide, tamoxifeno e estrógeno via oral.

Portanto, vemos que a principal causa de acúmulo de gordura no fígado é a adoção de maus hábitos alimentares. O que indica que evitar e reverter essa situação depende apenas de você!

Em primeiro lugar? Você sabe se você tem gordura no seu fígado?

Quais as consequências dessa gordura no seu fígado?

Um dos principais desafios é que inicialmente não há sintomas. Desta forma, a doença progride de forma silenciosa, sem que você sinta nada! Veja abaixo tudo o que essa infiltração de gordura acarreta para o fígado:

  • Pode aumentar esse órgão, o que chamamos de fígado gordo;
  • Altera as enzimas do seu fígado;
  • Sobrecarga funções hepáticas;
  • Interfere na metabolização dos seus hormônios;
  • Pode complicar e atingir diferentes graus de gravidade. Sendo assim, a gordura nos hepatócitos leva à inflamação e ao que chamamos de hepatite gordurosa. Além disso, o quadro pode complicar culminando em cirrose e na necessidade de transplante.
  • A gordura hepática reflete uma inflamação crônica do seu organismo, o que está associada a diversas doenças como diabetes, aumento de colesterol e triglicerídeos e pressão alta.

Como diagnosticar a gordura no fígado?

COMO SABER SE VOCÊ TEM GORDURA NO SEU FÍGADO NA MENOPAUSA.

Uma forma simples de descobrir se você pode ter ou não gordura no fígado é a medida da circunferência abdominal. Para tanto, pegue uma fita métrica e meça a sua cintura na linha do umbigo.

Sendo assim, se o seu resultado for maior que 88cm você precisa ficar atenta e se cuidar. No caso dos homens, o valor da circunferência abdominal não deve ser maior que 102cm. Com isso, você pode suspeitar de obesidade abdominal. Neste caso, você deve ir ao médico para que ele peça a dosagem das suas enzimas hepáticas a fim de investigar a saúde do seu órgão.

Além disso, a ultrassonografia de abdome total é muito usada e é capaz de revelar se há presença de gordura no fígado e se está é moderada ou grave. Com isso, quanto mais branco o órgão aparecer no exame, maior a quantidade de gordura nele acumulada.

FIQUE ATUALIZADA!

Cadastre o seu email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!

Fique tranquila, seu e-mail está completamente SEGURO conosco!

Como eliminar a gordura do fígado na menopausa?

Como já discuti em artigos anteriores, na menopausa o nosso metabolismo muda. Com isso, ficamos mais propensas a acumular mais gordura. Portanto, há uma aumento da resistência à insulina, do colesterol e dos triglicerídios. Sendo assim, há maior risco de depositarmos gordura neste órgão.

Além disso, as alterações hormonais decorrentes desta fase da vida de toda mulher levam à um padrão diferente de acúmulo de gordura. Por isso, mudamos da forma de “pera” para a forma de “maçã”. Logo, há acúmulo de gordura no tronco, o que indica aumento de gordura entre as vísceras e também dentro dos órgãos.

DESSA FORMA VOCÊ ELIMINA A GORDURA DO SEU FÍGADO NA MENOPAUSA.

A seguir, aprenda a como eliminar a gordura do fígado e ter saúde! Só depende de você!

#1 Emagreça

Ou seja, o principal é adotar novas estratégias para perder peso!

Lembre-se! O foco é a saúde e a estética e consequência.

Logo, você precisa estar magra para ser saudável, não para ser bonita.

#2 Reduza sua barriga

Se você mediu o seu abdômen e o do seu marido e os valores foram maiores de 88 cm e 102 cm, está na hora de vocês tomarem uma atitude!

Portanto, se a barriga está grande você precisa se cuidar e mudar seu estilo de vida.

#3 Diminua os carboidratos

A fim de reduzir a gordura visceral você deve reduzir a ingestão de carboidratos simples refinados presentes principalmente nos alimentos industrializados. Tudo isso porque seu consumo aumenta os triglicerídeos, assim como a resistência à insulina e o desenvolvimento de diabetes.

#4 Diga adeus às gorduras ruins

Evite gorduras ruins que elevam os triglicerídeos como frituras e gorduras trans. Afinal, sua saúde vale mais do que um pastel, não é?

#5 Cuidado com a frutose

O excesso de frutose também prejudica o seu fígado. Por isso, você deve reduzir a ingestão de alimentos que a contenham em alta concentração, como: mel, melaço, xarope de milho, comidas processadas, frutas secas, manga e tâmara.

#6 Pare de beber

Se possível, suspenda álcool da sua vida, pois ele gera sobrecarga hepática e também causa gordura.

#7 Movimente-se

Como eu sempre falo, o exercício físico regular ajuda a controlar a diabetes, reduz a resistência à insulina, uma vez que aumenta a captação de carboidratos pelo músculo. sendo assim, ter uma vida fisicamente ativa é essencial para a manutenção da saúde.

#8 Ajuste seus hormônios

Se for o seu caso, o equilíbrio hormonal vai ajudar a melhorar o metabolismo e a resistência à insulina. Por isso, procure um médico para te orientar de forma adequada.

#9 Faça boas escolhas

Por fim, opte alimentos mais saudáveis, como: verduras, legumes e gorduras boas (abacate, coco e oleaginosas). Sua saúde agradece!

Conclusão

Como vimos já vimos, as alterações metabólicas ocasionadas pela menopausa favorecem o acúmulo de gordura fígado e, consequentemente, o abdome inchado. Porém, existem todas essas 9 estratégias para reduzir esse problema. Logo, cabe a você adotá-las e mudar sua vida para melhor!

Agora que você já sabe como eliminar a gordura do fígado, compartilhe esse conteúdo com mais mulheres para que elas também saibam que:

  1. A Esteatose Hepática é comum, pouco diagnosticada, oculta e pode ser extremamente grave;
  2. Precisa ser tratada;
  3. Marca que a sua saúde não esta boa e que seu fígado está em disfunção, ou seja, está com problemas em metabolizar e excretar substâncias;
  4. Graves doenças podem vir decorrentes desta disfunção;
  5. Melhorar depende muito do esforço de cada uma.

Logo, manter um cardápio saudável e praticar exercícios físicos é primordial, não para a estética, mas sim para viver com saúde, disposição e alegria.

Afinal, eu quero ser feliz! E você?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *