ISSO GERA COMPULSÃO POR DOCES E IMPEDE QUE VOCÊ EMAGREÇA

Você sabe por que tem compulsão por doces e que isso impede que você emagreça após os 40 e na menopausa?

Este é mais um conteúdo para te ajudar a ter domínio da sua vida e ficar #MagraEmCasa!

Por isso, compartilhe este artigo com mais mulheres que sofrem com o excesso de peso! Afinal, juntas somos mais fortes!

ISSO GERA COMPULSÃO POR DOCES E IMPEDE QUE VOCÊ EMAGREÇA!

O que é compulsão?

Compulsão nada mais é do que uma exigência interna que faz você agir e repetir um ritual sempre da mesma forma.

Assim, existem inúmeras formas de compulsão: fumar, beber, comprar, comer e etc. E isso gera um desiquilíbrio no organismo.

Quais fatores estão envolvidos na compulsão por doces após os 40 e na menopausa?

Existem inúmeros fatores capazes de criar e/ou manter a compulsão alimentar. Dentre eles temos:

  • Hábitos da família e de amigos. Ou seja, eles comem e você come junto;
  • Estar com pessoas fora do peso e sem saúde, pois elas te influenciam negativamente;
  • Usar a alimentação como prazer constante, o que gera dependência química em relação à comida;
  • Usar a alimentação para afogar as mágoas. Ou seja, para suprir frustrações, decepções e etc.;
  • A falta de consciência de que o alimento serve para nutrir. Portanto, é preciso comer alimentos saudáveis e sem exagero;
  • Compensar cansaço o crônico, buscando na comida uma forma de energia rápida;
  • Ter baixa autoestima e utilizar o doce para sentir sensações boas.

Independentemente dos motivos, a compulsão alimentar é um ciclo vicioso! Assim, ela foi criada em algum momento da sua vida, gerando dependência química.

Por isso é tão difícil se controlar!

O que fazer para controlar a compulsão por doces?

Saiba que, mudar esse cenário exige dedicação, comprometimento e muita força de vontade. Desta forma, os primeiros passos para controlar a compulsão por doces pós os 40 e na menopausa são:

  • Avaliar o seu entorno, ou seja, os hábitos da família e dos amigos mais próximos; 
  • Estar com pessoas no peso e com saúde, para que estas te influenciem positivamente;
  • Usar a alimentação para nutrir o seu corpo, o que deve vir antes do prazer em comer;  
  • Tomar as decisões certas e não usar a comida para suprir frustrações, uma vez que tal comportamento vai te fazer ficar obesa e perder a saúde;
  • Manter sua bateria de energia carregada com bom combustível (alimentos saudáveis) e, além disso, gerenciar suas tarefas para reduzir o estresse.

Essas atitudes são fundamentais para bloquear o ciclo vicioso, te ajudar a emagrecer e aumentar a sua auto estima.

Por que é fácil ficar compulsiva por doces?

  • Os doces (realmente) são como um droga, porque causam dependência química;
  • O efeito do açúcar no nosso cérebro é similar ao de drogas como a cocaína;
  • Portanto, quando você experimenta, tem vontade de repetir o consumo. Logo, seja como fonte de energia rápida, prazer ou para socializar, quanto maior a frequência de consumo de doces, maior a dependência;
  • A porção primitiva do seu cérebro, chamada de cérebro reptiliano, só pensa em sobreviver. Assim, quanto mais açúcar, mais engorda e ele entende que isso é uma boa estratégia para armazenar energia, que será útil caso você passe por períodos de muita fome e sem disponibilidade de comida. Ou seja, essa parte do seu cérebro não sabe que você não está correndo risco e tem a cozinha repleta de guloseimas;
  • Por sua vez, a porção emocional do seu cérebro te incentiva a comer por prazer, já que esse ato libera dopamina;
  • Por fim, a porção racional do seu cérebro controla as outras duas porções, que não agem de forma lógica. Porém, quando você fica cansada e não descansa adequadamente, a energia do cérebro racional cai, fazendo com que ele não consiga controlar os outros dois e ainda use o açúcar como forma rápida de recarregar.

FIQUE ATUALIZADA!

Cadastre o seu email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!

Fique tranquila, seu e-mail está completamente SEGURO conosco!

Conheça o exemplo da Mari

A Mari é uma Rainha aluna do programa Magra Após os 40. No início, ela dizia que jamais tiraria o açúcar do café!

Depois de assistir às aulas do programa e compreender os efeitos viciantes do açúcar, decidiu cortá-lo imediatamente!

Resultado: além de emagrecer, Mari conseguiu perder a barriga que ganhou depois da menopausa! Antes do programa Magra Após os 40, ela acreditava que era assim mesmo…que era normal ter aquele “alien”!

Se ela conseguiu, você também consegue!

3 dicas poderosas para controlar a vontade e acabar com a compulsão por doces após os 40 e na menopausa

  1. Esteja com pessoas que tenham o mesmo objetivo que você. Com isso, novos hábitos serão criados mais facilmente;
  2. Coloque seu cérebro racional para decidir! Antes de comer, pare por 2 segundos e se pergunte: “Isso vai servir para que? Vai intoxicar minhas células ou vai nutrir?”. Use isso para desapegar do “amor bandido” e coloque os doces no “saco preto”;
  3. Faça parte do programa Magra Após os 40 e aprenda ainda mais a estar no controle da compulsão por doces! Além disso, entenderá como fazer para controlar todas as suas escolhas!
ISSO GERA COMPULSÃO POR DOCES E IMPEDE QUE VOCÊ EMAGREÇA
ACABE COM COMPULSÃO POR DOCES E EMAGREÇA!

Comece a mudar agora mesmo!

Ter compulsão alimentar é ser refém de hábitos prejudiciais!

Além de engordar e dar barriga, a compulsão por doces te inflama, gerando uma série de sintomas extremamente desagradáveis e aumentando o risco para doenças graves como o câncer.

Você sofre com insônia, falta de energia, irritabilidade, dores no corpo, dor de cabeça e muito mais? Saiba que se alimentar de forma saudável é fundamental par mudar tudo isso!

Portanto, para aprender ainda mais sobre alimentação certa, confira meus outros conteúdos:

  • Leia muito informações aqui no Blog;
  • Entre para o grupo no Telegram (Grupo Mulheres Empoderadas);
  • Me acompanhe no Instagram;
  • Assista aos vídeos no meu canal no YouTube;
  • Junte-se a outras Rainhas no Facebook (Grupo Mulheres Unidas na Menopausa).

Acabar com a compulsão pelos docinhos, que não te amam, depende de você!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *