PARA QUEM COME GLÚTEN E TEM BARRIGA NA MENOPAUSA

Você come glúten e tem barriga na menopausa? Venha comigo e entenda como mudar para virar esse jogo!

Antes de iniciarmos, caso você ainda não me conheça, vou me apresentar:

Sou a Drª Vanderlea Coelho, médica Ginecologista e Expert em Emagrecimento para mulheres na fase da menopausa e climatério. Assim, sou criadora do Programa Magra Após os 40, uma mentoria com metodologia exclusiva que tem transformado a vida de cada vez mais Rainhas!

Saiba que Rainha nada mais é do que aquela mulher marruda, empoderada, cheia de autoestima, que busca excelência em saúde e qualidade de vida e que tem as rédeas da própria vida.

Portanto, se esses são seus objetivos, você está no lugar certo!

Mas, muitas mulheres vivem infelizes e ainda não descobriram o melhor caminho a seguir. Por isso, caso você conheça alguém que precise virar o jogo, compartilhe! Preciso da sua ajuda para chegar ao maior número de mulheres possível e, assim, quebrar todos os mitos a respeito do envelhecimento feminino.

Finalmente, caso você queira aproveitar integralmente todos os meus conteúdos, confira:

  • Artigos sobre alimentação certa aqui no Blog;
  • Grupo no Telegram (Grupo Mulheres Empoderadas);
  • Dicas valiosas no Instagram;
  • Vídeos cheios de conteúdo no meu canal no YouTube;
  • Comunidade com outras Rainhas no Facebook (Grupo Mulheres Unidas na Menopausa).

Você come glúten e tem barriga na menopausa, o alien?

Rainha, será que esse é o seu caso?

Em primeiro lugar, para entender isso, você precisa saber onde está o glúten. Somente assim, você conseguirá fazer as escolhas certas.

No dia a dia, o glúten está nas farinhas de trigo, tanto as normais, quanto as integrais. Portanto, está nos pães, bolos, bolachas, biscoitos e etc.

Ainda, está na cerverja.

Sendo assim, o glúten é uma proteína inflamatória, porque nosso corpo não consegue identificar essa molécula.

Além da barriga, a inflamação sistêmica causa inúmeros problemas na saúde, até doenças autoimunes.

Por fim, o glúten impacta diferentemente para cada mulher. Algumas são mais sensíveis e apresentam mais sintomas.

Quanto maior a barriga, pior.

Dessa maneira, as principais queixas são:

  • Dores no corpo, tanto de cabeça quanto fibromiálgicas.
  • Alterações de humor.
  • Dermatite.
  • Rinite.
  • Sinusite.
  • Disbiose.
  • Intestino preso.
  • E muito mais!

Talvez você tenha vários sintomas e não os associe com o consumo excessivo de glúten!

FIQUE ATUALIZADA!

Cadastre o seu email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!

Fique tranquila, seu e-mail está completamente SEGURO conosco!

3 Farinhas saudáveis que ajudam a emagrecer e aliviar os sintomas da menopausa

Farinha de chia

  • Rica em fibras e, portanto, melhora o funcionamento do intestino. Com isso, combate prisão de ventre e, consequentemente, ajuda a eliminar peso.
  • Ajudar a controlar o açúcar no sangue, pois o seu conteúdo em fibra impede que o açúcar seja absorvido muito rapidamente.
  • Aumenta a sensação de saciedade devido ao seu alto teor de fibras. O que também ajuda na perda de peso.
  • Auxilia no humor, uma vez que é rica em magnésio. Assim, atua na produção de neurotransmissor, que é importante no processo de emagrecimento.
  • Contém ômega-3, cuja ação é anti-inflamatória e melhora o bom colesterol.
  • Preveni a anemia porque apresenta alto teor de ferro.
  • Melhora saúde da pele, dos cabelos e da visão. Isso ocorre pois contém vitamina A.
  • Melhorar a saúde óssea, já que possui alto teor de cálcio.
  • Tem selênio, cálcio, ferro, vitamina A e zinco.
  • Além disso, contém proteínas, gorduras e carboidratos de qualidade.

Farinha de linhaça

  • Rica em fibras, o que melhora o funcionamento do intestino, combate prisão de ventre e, portanto, ajuda a eliminar peso.
  • Ajudar a controlar o açúcar no sangue, pois o seu conteúdo em fibra impede que o açúcar seja absorvido muito rapidamente.
  • Aumenta a sensação de saciedade devido seu alto teor de fibras, o que contribui para o emagrecimento.
  • Contém ômega-3 que apresenta ação anti inflamatória e melhora o bom colesterol.
  • Tem cálcio, ferro, magnésio e zinco
  • Ainda, contém proteínas, gorduras e carboidratos de qualidade.

Farinha de coco

  • Rica em fibras, que dá mais saciedade, ajudando na eliminação de peso.
  • Ajuda a controlar a glicemia, assim como as demais farinhas citadas.
  • Por ser rica em fibras e ter baixo índice glicêmico, pode ser usada por diabéticos.
  • Combate a prisão de ventre, por ser rica em fibras que aceleram o trânsito intestinal.
  • Ajuda a diminuir o colesterol ruim e os triglicerídeos.

O que essas 3 farinhas tem em comum para ajudar quem come glúten e tem barriga da menopausa?

As 3 farinhas são:

  • Ricas em fibras e em micronutrientes.
  • Têm proteínas, gorduras, pouco carboidratos, apesar de isso ser variável entre elas.
  • Equilibram seu funcionamento celular.
  • Ajudam a desinflamar o organismo.
  • Por fim, auxiliam no emagrecimento.

3 Etapas para acabar com a barriga da menopausa

Primeiramente, desapegue da farinha de trigo. Pois essa é a campeã contida em todos os amores bandidos.

Depois, aprenda a substituir os alimentos ruins por aqueles que ornem com o seu metabolismo. Para isso, existem milhares de alimentos!

Por último, é preciso persistir! Assim, haverá dias de fraqueza e dias de vitorias.

Portanto, nunca desanime!

Rainha, retirar o que te inflama é mais que uma escolha: é um dever seu como você mesma!

Suas células agredidas respondem com sintomas! Portanto não destrua a sua própria saúde!

Decida mudar agora!

1 comentário


  1. Tenho 55 anos quero muito tirar essa barriga da menopausa ,me incomoda muito e tenho muitas dores no corpo

    Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.