COMO O EXERCÍCIO REDUZ SEU RISCO PARA CÂNCER DE MAMA NA MENOPAUSA

Você tem medo do câncer de mama?

Sabia que o exercício físico reduz o risco para câncer de mama na menopausa?

É isso mesmo!

Veja, logo a seguir, 4 estudos científicos de qualidade e bem fundamentados que analisam:

  • Como o exercício reduz seu risco para câncer de mama na pós menopausa;
  • Quais exercícios são recomendados;
  • Quais os aliados do exercício.

Vamos lá!

O EXERCÍCIO REDUZ O RISCO DE CÂNCER DE MAMA NA MENOPAUSA.

Como o exercício reduz o risco para câncer de mama?

Primeiramente, a atividade física regular é uma recomendação médica. Entretanto sabemos que, infelizmente, muitos profissionais não incentivam e nem todos adotam a prática no cotidiano.

Sendo assim, para que você compreenda a real importância de uma vida fisicamente ativa, vou utilizar os dados dos 4 estudos listados logo abaixo:

  • Universidade de Missouri – Revista Daily – 2016;
  • Universidade de Massachusetts – NAMS – 2015;
  • Sociedade Americana de Câncer – 2013;
  • Universidade da Carolina do Norte – 2012.

De acordo com os experimentos realizados, os exercícios físicos são capazes de reduzir o risco para o desenvolvimento de câncer de mama na menopausa pois:

  • Regulam a insulina;
  • Ajudam ativar o metabolismo;
  • Reduzem a gordura corporal;
  • Melhoram a composição corporal;
  • Geram maior oxigenação e nutrição celular, o que melhora a saúde celular;
  • Reduzem o risco de doenças crônicas e degenerativas;
  • Liberam endorfinas, com isso melhoram o humor, depressão e ansiedade;
  • Ajudam a dormir melhor, combatendo a insônia;
  • Reduzem o estresse, a fadiga e aumentam o nível de energia;
  • Estimulam o equilíbrio hormonal;
  • Melhoram a sarcopenia, isto é, a massa muscular;
  • Melhoram a osteoporose, prevenindo fraturas.

Desta forma, o exercício físico atua melhorando o funcionamento de todo o corpo, o que contribui para a redução de processos inflamatórios que são a porta de entrada para o desenvolvimento de inúmeras enfermidades como o câncer. 

FIQUE ATUALIZADA!

Cadastre o seu email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!

Fique tranquila, seu e-mail está completamente SEGURO conosco!

Resultados para o câncer de mama

Portanto, de acordo com os resultados dos estudos citados, o exercício praticado de forma regular diminui drasticamente o risco câncer de mama.

Logo:

  • Caminhadas associadas a exercício vigorosos, como, por exemplo, a musculação e outros treinamentos de força, reduzem o risco em 25%. 
  • Já apenas as caminhadas, diminuem o risco em 14%.

Além disso, são recomendadas todos os tipos de atividades, ou seja, mesmo aquelas que não tem um objetivo específico como as tarefas do dia a dia. Por isso, para deixar seu dia a dia mais dinâmico e menos sedentário você pode:

  • Subir e descer escadas, ao invés de usar o elevador;
  • Caminhar nas tarefas do dia a dia, como passear com os filhos ou com seu cachorro, ir à feira a pé;
  • Dançar e etc.

Porém, é essencial praticar também os exercícios que tem um objetivo de melhoria corporal, como:

  • Musculação;
  • Treinamento funcional;
  • Caminhadas regulares;
  • Andar de bicicleta regularmente e etc.

Além disso, outros aliados do exercício físico que contribuem ainda mais para reduzir o risco de câncer de mama são todos aqueles que te levam a ter um estilo de vida saudável. Por isso, além de se exercitar você deve:

O EXERCÍCIO REDUZ O RISCO DE CÂNCER DE MAMA NA MENOPAUSA.

Conclusão

O exercício físico é um dos pilares mais importantes do estilo de vida saudável!

E isso, assim como o controle para evitar o câncer, está nas suas mãos!

Você teme o câncer mas gosta de comer tudo errado e odeia se exercitar?

Se sim, está na hora de mudar!

Não adianta reclamar e sofrer com essa terrível doença se você não estiver disposta a cuidar do seu corpo!

Agora que você já sabe que diminuir drasticamente suas chances de desenvolver câncer de mama depende exclusivamente de você, compartilhe esse conteúdo para que mais mulheres também se motivem e mudem o estilo de vida.

Combater o câncer de mama depende de cada uma de nós!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *