10 PASSOS PODEROSOS PARA QUEM DORME MAL E NÃO EMAGRECE NA MENOPAUSA

Vou te contar quais são os 10 passos poderosos para quem dorme mal e não emagrece na menopausa! Venha comigo e comece a transformar a sua vida a partir de já.

Primeiramente, caso você ainda não me conheça, vou me apresentar:

Sou a Drª Vanderlea Coelho, médica Ginecologista e Expert em Emagrecimento para mulheres na fase da menopausa e climatério. Assim, sou criadora do Programa Magra Após os 40, uma mentoria com metodologia exclusiva que tem transformado a vida de cada vez mais Rainhas!

Saiba que Rainha nada mais é do que aquela mulher marruda, empoderada, cheia de autoestima, que busca excelência em saúde e qualidade de vida e que tem as rédeas da própria vida.

Portanto, se esses são seus objetivos, você está no lugar certo!

Mas, muitas mulheres vivem infelizes e ainda não descobriram o melhor caminho a seguir. Por isso, caso você conheça alguém que precise virar o jogo, compartilhe! Preciso da sua ajuda para chegar ao maior número de mulheres possível e, assim, quebrar todos os mitos a respeito do envelhecimento feminino.

Finalmente, caso você queira aproveitar integralmente todos os meus conteúdos, confira:

  • Artigos sobre alimentação certa aqui no Blog;
  • Grupo no Telegram (Grupo Mulheres Empoderadas);
  • Dicas valiosas no Instagram;
  • Vídeos cheios de conteúdo no meu canal no YouTube;
  • Comunidade com outras Rainhas no Facebook (Grupo Mulheres Unidas na Menopausa).

Agora você já é parte desse Reino da Saúde!

Como é o seu sono?

Em uma escala de 0 a 10, como você classifica a qualidade do seu sono?

Infelizmente, inúmeras mulheres dormem mal e também não emagrecem na fase da menopausa.

Entretanto, existem vários tipos de insônia. Assim, se você demora para dormir; dorme, mas acorda várias vezes e depois volta a dormir; ou mesmo acorda antes do que deveria, isso é insônia.

Agora, se você sofre com isso, desde quando ocorre? Começou antes ou depois da menopausa? Piorou?

Além disso, vale ressaltar que existem diversos fatores que levam à perda da qualidade do sono. Entre eles temos:

  • Ansiedade;
  • Estresse;
  • Pensamentos ruins;
  • Medo;
  • Preocupações;
  • Obesidade e excesso de barriga;
  • Dores crônicas;
  • Refluxo e má digestão;
  • Fogachos ou calorão;
  • Alterações urinárias, o que faz com que a pessoa acorde várias vezes para fazer xixi;
  • Disfunções no intestino, que geram mudanças nos níveis serotonina e melatonina.

A menopausa pode contribuir para a insônia?

Sim! De maneira direta, o desequilíbrio hormonal pode gerar o sono entrecortado.

Também, de maneira indireta, os mais de 76 sintomas da menopausa podem fazer com que você durma mal, como: queixas urinárias, ansiedade, barrigão, inflamação, estresse, alterações de humor, dores e etc.

Ainda, dormir mal pode interferir no emagrecimento na menopausa!

Isso ocorre porque os hormônios desequilibrados geram sensação de fadiga, compulsão alimentar, mais fome e vontade de consumir os amores bandidos.

Por sua vez, o sobrepeso ou a obesidade também podem interferir no seu sono na menopausa! Tudo isso por causa da barriga, do refluxo, da má digestão, da inflamação e por aí vai…

Ou seja, o excesso de peso e a má qualidade do sono na menopausa se retroalimentam! 

Senso assim, é um ciclo vicioso: o excesso de peso gera insônia e a insônia também contribui para o acúmulo de gordura!

Se você dorme mal e não emagrece, saiba que os hormônios que interferem na insônia e no emagrecimento na menopausa são:

  • Grelina;
  • Leptina;
  • Insulina;
  • Testosterona;
  • Estradiol
  • Cortisol;
  • GH (IGF1).

Dorme mal e não emagrece? Pratique esses 10 passos!

Para restaurar o seu sono e finalmente perder peso, coloque em prática os passos abaixo:

  1. Defina um horário para dormir, pois a rotina vai te ajudar muito.
  2. Desacelere antes do horário de dormir para facilitar o processo.
  3. Jante mais cedo e dê preferência para uma refeição mais leve, para, assim, facilitar a digestão.
  4. Não traga situações ruins para sua mente, como, conversas desagradáveis, notícias ruins, discussões, reportagens, filmes, músicas tristes.
  5. Anote suas tarefas do amanhã, para, dessa maneira, tirá-las  da sua mente.
  6. Nutra seu cérebro com bons pensamentos, filmes, livros e músicas.
  7. Reduza as luzes. Portanto, desconecte-se de radiações eletromagnéticas. Ou seja, sem TV no quarto, sem celular ou computador.
  8. Mantenha a temperatura do quarto, assim como a completa escuridão.
  9. Faça seu ritual de beleza: banho, dentes, cremes, suplementos e etc.
  10. Pratique uma oração de gratidão pelo seu dia e busque adormecer com ela.

Por que esses passos são cruciais para você que dorme mal e não emagrece?

Porque sem eles seu cérebro se sente ameaçado e, por isso, não desconecta.

Logo, os 10 passos acima fazem com que seu cérebro se sinta confortável e protegido com um ritual pré estabelecido.

Assim, aumentam as suas chances de ter um sono profundo e reparador!

Entretanto, isso não é o suficiente para emagrecer!

Rainha, apesar de dormir bem ser fundamental, para emagrecer de fato, você precisa adotar as escolhas alimentares certas! Ou seja, é preciso nutrir-se daquilo que orna com o seu metabolismo!

Não existe milagre! Não se engane!

Apenas dormir bem não vai solucionar todo o seu excesso de peso.

Portanto, é preciso aprender, testar, ser persistente e paciente, para assim ter resultados duradouros.

FIQUE ATUALIZADA!

Cadastre o seu email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!

Fique tranquila, seu e-mail está completamente SEGURO conosco!

Um hormônio que ajuda no sono, no emagrecimento e no tratamento da menopausa

O nome desse hormônio é melatonina!

Benefícios diretos da melatonina:

  1. Induz o sono e ajuda a regular o ciclo circadiano.
  2. Leva ao sono REM, isto é, sono profundo e reparador.

Benefícios indiretos da melatonina:

  • Regula os hormônios do apetite e da saciedade. Portanto, atua no equilíbrio celular e hormonal, o que ajuda a emagrecer.
  • Consolida a memória.
  • Reduz as demências.
  • Libera hormônio GH, importante para anabolismo. Por isso, ajuda na construção de tecidos como massa muscular e pele.
  • Reduz a temperatura corporal e, dessa maneira, reduz calor.
  • Ajuda a regular a motilidade intestinal – obstipação.
  • Tem ação analgésica, por isso, reduz dores crônicas.
  • Ajuda na ansiedade, uma vez que se liga a receptores GABA.
  • Melhora os níveis de óxido nítrico. Assim, com mais vasodilatação, aumenta o aporte de sangue e nutrientes para as células.

Dormir bem é fundamental

Concluindo, dormir bem ajuda a emagrecer sim!

Também, emagrecer ajuda a dormir bem!

Portanto é uma retroalimentação positiva!

Logo, os dois fatores se ajudam. Entretanto, vale lembrar que junto com eles é fundamental adotar a alimentação certa para essa fase da vida!

Apenas assim você terá resultados duradouros e emagrecerá de forma definitiva.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *