PARA QUEM TEM INTESTINO PRESO E NÃO EMAGRECE NA MENOPAUSA

Você tem o intestino preso e não emagrece na menopausa?

Este é um fato bastante comum!

Porém, apesar de muitas mulheres apresentarem este problema não podemos nos esquecer que não é normal ter um intestino que não funciona adequadamente.

Assim, é preciso investigar as causas e acabar com o mal pela raiz. Afinal, ninguém pode viver refém de remédios e estratégias para conseguir evacuar.

Por isso, me ajude a alcançar mais mulheres compartilhando este conteúdo!

Desta maneira, muitas vão cair na real sobre a importância do intestino na saúde e no emagrecimento.

Precisamos disseminar o conhecimento correto e derrubar mitos para que toda a mulher tenha domínio da sua vida na menopausa!

Ainda, se você é uma Rainha marruda que adora aprender, confira todos os meus conteúdos exclusivos e gratuitos!

  • Artigos sobre alimentação certa aqui no Blog;
  • Grupo no Telegram (Grupo Mulheres Empoderadas);
  • Dicas valiosas no Instagram;
  • Vídeos cheios de conteúdo no meu canal no YouTube;
  • Comunidade com outras Rainhas no Facebook (Grupo Mulheres Unidas na Menopausa).

Comece a fazer o que é bom para a sua saúde e não o que é mais cômodo e/ou gera um prazer instantâneo e passageiro!

Nada que vale a pena é fácil de se conquistar!

Quais as causas de intestino preso?

Existem inúmeros hábitos que prejudicam a nossa flora intestinal e com isso, o funcionamento do nosso intestino.

É justamente por isso que é tão frequente o caso da mulher que tem o intestino preso e não emagrece na menopausa.

Assim, algumas das principais causas são:

  • Alimentação inflamatória. Ou seja, aquela alimentação farta de “amores bandidos”. Logo, apesar de acharmos que estamos comendo de forma variada, muitas vezes nos alimentamos com MUITO DO MESMO. Assim, geralmente, grande parte das pessoas têm em todas as refeições carboidratos industrializados refinados e alimentos alergênicos como leite de vaca, soja, glúten e etc. 
  • Falta de comida de verdade. Ou seja, alimentos que realmente nutrem e que são fontes naturais de fibras.
  • Baixa ingesta de água.
  • Uso de remédios cotidianamente como antibióticos, anti-inflamatórios e analgésicos.
  • Álcool.
  • Falta de hábito intestinal.
  • Todas as agressões intestinais causadas por mal hábitos por anos e anos.

Por isso, muitas vezes desenvolvemos alergias alimentares com o passar do tempo. Pois chega uma hora que o corpo não dá mais conta de mascarar os danos que ocorrem desde que somos crianças.

Afinal, é na infância que já aprendemos a nos encher de alimentos inflamatórios como o glúten e a lactose. Não é?

Será que você adora tomar leite com biscoitos ou torradas?

O intestino como segundo cérebro

Sabia que o intestino é considerado nosso segundo cérebro?

Isto porque ele possui milhões de neurônios, produz a maior parte da serotonina e é nossa maior barreira imunológica!

Será que você tem cuidado do seu intestino tão bem quanto deveria?

Ou você come qualquer tranqueira só por causa do sabor?

FIQUE ATUALIZADA!

Cadastre o seu email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!

Fique tranquila, seu e-mail está completamente SEGURO conosco!

O intestino preso é apenas a “ponta do iceberg”?

Existem várias doenças relacionadas ao mal funcionamento do intestino.

Desta maneira, o desequilíbrio da flora intestinal significa que há desequilíbrio entre a quantidade de bactérias boas e ruins.

Tal disfunção leva a inúmeros sintomas, dentre eles a Síndrome do Intestino Hiper Permeável.

Com isso, a mucosa intestinal permite a entrada de substâncias e agentes que não deveriam entrar em nosso corpo!

Ou seja, nossa barreira imunológica fica comprometida.

Além disso, outro sintoma frequente é constipação e diarreia ocasionando a Síndrome do Intestino Irritável.

Logo, a constituição inadequada das bactérias intestinais leva ao mal funcionamento do intestino.

Isso, por sua vez, gera diversos sintomas como:

  • Gripes frequentes.
  • Artrites e dores.
  • Alergias.
  • Sinusites.
  • Rinites.
  • Acnes.
  • Psoríase.
  • Depressão.
  • Ansiedade e até déficit de atenção.

Assim, essas disfunções do intestino são chamadas de disbiose.

Você pode perceber se seu intestino não vai bem através das fezes!

Tipo cabritinho, cabritão, diarreia e excesso de gases…se isso acontece com você, algo está errado!

Outro fato interessante é que estudos científicos encontraram relação entre o intestino preso e o excesso de peso!

Os pesquisadores descobriram que as fezes de rato gordo colocadas em um rato magro faziam com que este engordasse.

E vice-versa!

Portanto, ficou claro a importância das bactérias do intestino no peso saudável e no emagrecimento!

11 Passos para melhorar o intestino preso e emagrecer na menopausa

  1. Evitar uso de remédios, pois estes agridem a flora intestinal.
  2. Tomar água o suficiente. Assim, o indicado é 35ml por kg de peso corporal. Logo, uma pessoa de 70kg deve tomar 2.500ml ao dia.
  3. Praticar exercício físico regular. Pois isso ajuda a estimular a motilidade intestinal.
  4. Acabar com os amores bandidos. Por isso, não leve o inimigo para casa! Não compre tranqueiras e adote o saco preto para eliminar o que você já tem nos armários (glúten, leite, soja).
  5. Comer fibras provenientes de vegetais. Desta forma, vai aumentar as suas bactérias do bem.
  6. Suplementar com fibras prebióticas para, assim, nutrir as boas bactérias.
  7. Usar probióticos naturais, como o kefir.
  8. Se você tomar antibióticos, precisará repor probióticos! Neste caso, é necessário um nutricionista ou médico para te auxiliar.
  9. Evitar álcool.
  10. Uso de enzimas digestivas, como amilase, lipase e protease, caso necessário.
  11. Ter paciência para recuperar seu intestino após anos de agressão causada pelos maus hábitos.

Como vimos, para que você melhore o intestino e emagreça na menopausa é preciso entender as causas!

Portanto, é fundamental retirar o que nos faz mal! Apenas assim é possível restaurar a flora intestinal saudável.

Depois agir, como sempre, é preciso ter CONSISTÊNCIA para manter os bons hábitos e, portanto, os bons resultados de emagrecimento e de saúde!

Tudo isso depende de você e de como você decide nutrir a sua máquina humana!

Cuide bem do seu corpo, afinal, você só tem um e algumas peças (órgãos) são insubstituíveis!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *